15.11.16

A lista de Brett, de Lori Nelson Spielman

A lista de Brett, escrito por Lori Nelson Spielman

Editora: Verus
Páginas: 364
ISBN: 9788576862390
Tradutora: Ana Death Duarte

Brett Bohlinger parece ter tudo na vida – um ótimo emprego como executiva de publicidade, um namorado lindo e um loft moderno e espaçoso. Até que sua adorada mãe morre e deixa no testamento uma ordem: para receber sua parte na gorda herança, Brett precisa completar a lista de sonhos que escreveu quando era uma ingênua adolescente.
Deprimida e de luto, Brett não consegue entender a decisão de sua mãe. Seus desejos adolescentes não têm nada a ver com suas ambições de agora, aos trinta e quatro anos. Alguns itens da lista exigiriam que ela reinventasse sua vida inteira. Outros parecem mesmo impossíveis. Com relutância, Brett embarca numa jornada emocionante em busca de seus sonhos de adolescência.
O livro A lista de Brett é daqueles que já começa com um choque: Elizabeth, a mãe de Brett, acaba de morrer. Brett fica arrasada e já nos primeiros parágrafos do livro podemos notar como a relação das duas era bonita e o quanto se amavam.

No dia de abrir o testamento, Brett já imaginava o que faria como presidente da empresa de cosméticos de sua mãe, na qual já trabalhava no departamento de marketing.

Entretanto, não é bem isso o que acontece. Seus irmãos pegam sua parte da herança, mas não Brett. No testamento, sua mãe diz que encontrou uma lista de sonhos que a filha escreveu aos 14 anos e diz que ela só receberá sua parte da herança se cumprir todos os itens no prazo de um ano.

Vocês podem imaginar o quanto Brett ficou feliz com essa exigência, não é? Agora, com 34 anos, nada daquilo fazia parte de sua vida e ela não entendia o propósito de sua mãe ao colocá-la nessa cilada.

O livro conta então a jornada de Brett em busca de seus antigos sonhos, uma jornada de reencontro e descoberta de si mesma. Não tem como não querer fazer uma lista de sonhos ao fim do livro e torcer para que eles tragam momentos especiais, ainda que às vezes sejam caminhos difíceis de seguir.
"Assuma os riscos e veja onde você aterrissa, pois são eles que fazem a jornada valer a pena."
A narrativa é deliciosa. Vamos acompanhando Brett, torcendo para que ela cumpra suas metas, prevendo alguns acontecimentos e sendo surpreendidos por outros.

Uma das coisas que gostei no livro é que a autora dá a possibilidade de vários romances, vão surgindo pares ideais para a protagonista e a gente torce por um, depois muda para o outro, volta para o anterior, mas no final ficamos em dúvida e não sabemos qual o caminho que a história vai tomar.

Recomendo esse livro que além de ser uma leitura muito prazerosa, nos encoraja a lutar por aqueles sonhos que deixamos escondidos.
"Mas há um limite para o que as fadas madrinhas podem fazer. Eu acho que cada um tem o poder de realizar os próprios desejos. Só precisamos encontrar coragem para isso."

0 comentários:

Postar um comentário

Obrigado por visitar e comentar no Literature-se.
Assim que puder, visitarei o seu blog. Caso não tenha um, deixe twitter, Facebook ou e-mail para que eu possa respondê-lo :)
Dicas, sugestões e críticas construtivas? Comentários abertos para isso e muito mais, só contando com aquela boa dose de bom-senso necessário, né? ;)

 
Literature-se © Todos os direitos reservados :: Ilustração por Prih Mizuh (@pri_mizuh) :: voltar para o topo