24.12.15

Leituras para o Natal

Estamos no mês do Natal e é normal nos encontrarmos em um turbilhão de sentimentos o tempo todo. O Natal é tema de diversas obras na literatura, mas às vezes ele aparece de background ou só mencionado. Levando em consideração que cada um de nós pensa em significados diferentes sobre essa data, é impossível escolher um livro específico. Pensando nisso, elaborei uma lista com livros diversos (você pode ler ou presentear) que podem ou não mencionar o Natal mas com certeza trazem como temas: amor, família, união, amizade, respeito, aceitação ou esperança. Sentimentos que desejo à todos os leitores do Literature-se nesse Natal! Vamos lá? 

Ligações, por Rainbow Rowell 
Temas: Família e amor.

Dois dias antes do Natal, com uma viagem planejada, Georgie diz para o marido que não poderá acompanhá-lo. Georgie é escritora de programas de comédias para TV e dias antes do Natal surgiu uma oportunidade de realizar um sonho da adolescência, uma proposta de trabalho irrecusável. Neal e as duas filhas partem sozinhos e a frieza toma conta desse relacionamento. Ambos precisam passar esse tempo afastados e refletindo sobre a vida e família. 

No meio disso tudo, Georgie descobre algo incrível: uma maneira de se comunicar com o Neal do passado através de ligações. Sem ter que viajar no tempo, Georgie volta ao Natal de 1998 com Neal e sente que isso pode ajudá-la a consertar erros do passado.

É um livro divertido (ao estilo Rainbow Rowell) e sem compromisso. Fácil, nostálgico e perfeito para quem busca uma comédia romântica ambientada no Natal.


Os Dois Mundos de Astrid Jones, por A. S. King  
Temas: Aceitação e respeito.

Aos 17 anos, Astrid Jones vive em uma pequena cidade em que a fofoca rola solta. Se depara sempre com as mesmas pessoas, mesmas histórias, mesmas rotinas, como se todo mundo (incluindo ela) estivesse preso em um mundo fechado e preconceituoso. Sendo assim, Astrid não tem com quem desabafar, afinal ela é uma adolescente e passa por transições. Por isso, encontrou uma maneira linda e simples de se expressar: enviando seu amor para passageiros de aviões no céu. 

Cada capítulo que se abre, conhecemos a história de um passageiro diferente e esse recurso já nos dá o gostinho de como os acontecimentos vão se desenvolver na vida da protagonista naquele capítulo.

Astrid quer ser livre, quer se descobrir, quer se aceitar e que os outros a aceitem. É um livro pra quem busca o significado da aceitação e amor puro.

Deixe a Neve Cair 
Temas: Amizade, família e respeito.

Apesar do livro ser autoexplicativo e um dos mais óbvios da lista, não podia deixá-lo de lado. São 3 contos que se interligam por conta de uma inesperada tempestade de neve que transforma uma cidadezinha em um caos. 

O primeiro, após os pais serem presos (por um acontecimento bem bizarro) a filha embarca de trem para encontrar sua avó, mas fica presa (olha que coisa de família) no trem por causa da nevasca. O segundo mostra três amigos que estão passando o Natal em casa maratonando 007 mas resolvem apostar uma corrida até a lanchonete no meio do frio congelante. E o terceiro lida com a perda de um amor e a prova de que não é egoísta como as pessoas acham que ela (a protagonista) é.

São contos rápidos, divertidos e perfeitos pra quem busca ler aquela magia de Natal e, é claro, pra nos manter um pouco próximos de muita neve também. 

As Vantagens de Ser Invisível  
Temas: Família, amor e aceitação.

Você já conhece o filme (se não, recomendo também). O livro segue a mesma linha, porém, bem mais pessoal. As cartas de Charlie são angustiantes e expressivas para um destinatário que não está mais presente. Charlie tem algo a dizer e ao mesmo tempo precisa lidar com os dramas escolares, novos amigos e o primeiro amor. E a parte mais interessante do livro são os novos amigos. Os efeitos que uma nova amizade trazem na vida do protagonista são inexplorados e engraçados.

São tantos temas e coisas passando pela cabeça de Charlie que nem dá pra dizer que é um livro tão curto. Stephen Chbosky consegue captar as emoções dos personagens e fazer com que nos identifiquemos com pelo menos um deles, sem deixar de transmitir uma mensagem linda e importante para os leitores. Excelente pra quem está passando pelo mesmo momento de Charlie.

O livro do bem, por Ariane Freitas e Jessica Grecco
Tema: tudo que você imaginar.

Os livros interativos fazem sucesso com as crianças e são ótimas escolhas para presentear quem amamos. Ainda mais se a pessoa é alto astral e ama fazer o bem ajudando os outros.

O livro do bem é uma alternativa interativa da fanpage Indiretas do Bem, que tem como objetivo espalhar sorrisos pra deixar a vida das pessoas mais alegres. As propostas das tarefas de cada página são especiais, únicas e guardam respostas diferentes para cada leitor que o possuir. 


Os Guardiões da Infância, por William Joyce
Temas: Família, união, esperança e amor.

Lembram da animação A Origem dos Guardiões? Vamos relembrar com uma sinopse curtinha: "Papai Noel e o Coelhinho da Páscoa se juntam à Fada do Dente, Sandman e Jack Frost para derrotarem o Bicho Papão, um espítiro malígno que quer dominar o mundo."

Os livros da série Os Guardiões da Infância contam a história desses personagens. O segundo livro, por exemplo, conta a história do Papai Noel antes de ser o São Nicolau, em sua jornada de se tornar o herói das crianças, quando era um homem fora da lei. 

E a parte mais interessante é que os livros são ilustrados e, mesmo tendo como público alvo as crianças, é uma boa pedida de leitura nessa época do ano para qualquer idade. E o filme também!

Espero que tenham gostado da pequena lista de indicações para este Natal. Não quis trazer livros apenas com temas natalinos pra mostrar que o significado do Natal pode estar escondido em outras grandes obras que passam despercebidas por nós. E eu desejo que façam ótimas leituras nesses tempos festivos, de encerramento e de celebrações!

0 comentários:

Postar um comentário

Obrigado por visitar e comentar no Literature-se.
Assim que puder, visitarei o seu blog. Caso não tenha um, deixe twitter, Facebook ou e-mail para que eu possa respondê-lo :)
Dicas, sugestões e críticas construtivas? Comentários abertos para isso e muito mais, só contando com aquela boa dose de bom-senso necessário, né? ;)

 
Literature-se © Todos os direitos reservados :: Ilustração por Prih Mizuh (@pri_mizuh) :: voltar para o topo