21.11.15

Os Bons Segredos, Sarah Dessen

Os Bons Segredos, escrito por Sarah Dessen.

Editora: Seguinte
Páginas: 408
ISBN: 9788565765763 
Livro cedido pela editora em parceria com o blog. 
Há segredos muito bons para serem guardados — e livros muito bons para serem esquecidos Sydney sempre viveu à sombra do irmão mais velho, o queridinho da família. Até que ele causa um acidente por dirigir bêbado, deixando um garoto paraplégico, e vai parar na prisão. Sem a referência do irmão, a garota muda de escola e passa a questionar seu papel dentro da família e no mundo. Então ela conhece os Chatham. Inserida no círculo caótico e acolhedor dessa família, Sydney pela primeira vez encontra pessoas que finalmente parecem enxergá-la de verdade. Com uma série de personagens inesquecíveis e descrições gastronômicas de dar água na boca, Os bons segredos conta a história de uma garota que tenta encontrar seu lugar no mundo e acaba descobrindo a amizade, o amor e uma nova família no caminho. 
Os Bons Segredos conta a história de Sydney, uma garota que vive invisível na sombra do irmão. Peyton é descolado, bonito, charmoso, popular e cometeu alguns crimes na adolescência. Mas foi só após dirigir bêbado e atropelar um garoto que foi parar na prisão de vez. Isso não só afetou a família inteira de uma forma intensa e esperada, mas a vida de Sydney começou a mudar.

Durante uma recuperação de um delito de Peyton, ele fez amizade com Ames. Com a amizade crescendo, os dois foram se ajudando a se manter afastados do crime e se tornando pessoas melhores. Os pais de Sydney e Peyton se sentem gratos por Ames e o tratam como um outro filho, mantendo-o sempre por perto. Desde que Peyton foi para a prisão, Ames mantém contato e se sente como um irmão mais velho presente para Sydney.

Mas essa relação não ajuda em nada no desenvolvimento de personalidade dela. Ela não se sente segura nem acolhida por Ames e seus pais, que insistem em não enxergar que Peyton foi culpado por estar na prisão. Ames a incomoda. Seus pais cegos a incomodam. Ela precisava de alguma mudança para dar um gás na sua própria vida. Resolveu pedir para os pais uma mudança de escola. Com os gastos altos com advogados e terapeutas, economicamente a mudança foi positiva na família.

Através de muita pizza e batata frita, Sydney encontra um porto seguro. Laila. Filha do dono de uma pizzaria perto da escola nova, logo se tornam amigas e Sydney encontra alguém a quem pode confiar suas angustias sobre como se sente em relação à Peyton, a si mesma e a seus pais. Laila a introduz no seu pequeno e divertido círculo de amigos e, mesmo com bastante timidez e traumas de ser sempre a sombra de alguém, a personagem consegue evoluir e desenvolver sua própria voz.

O livro é um jovem adulto contemporâneo que embora se passe no colegial, tenha romance, amizades e clichês, também tem muito drama e pontos super importantes de construção de caráter, confiança e personalidade. A confiança é um dos principais pontos abordados. Em um determinado momento do livro, sem spoilers, a autora até começa a abordar abuso e violência, dando poder à voz interior de Sydney mesmo que a própria não perceba no mesmo momento que o leitor.

Dois pontos positivos: a amizade do antigo colégio é mantida e não é deixada de lado e o romance que surge é natural e sutil. Ninguém é incrivelmente esbelto, perfeito e bonito. Todos têm um passado, todos têm segredos e aprendizados. Isso é muito bacana e é mostrado no livro.

Temos cenas angustiantes, bonitinhas, fofas, alegres, fortes e dramáticas. É um dos YAs mais sérios e completos, escrito por uma grande autora que tem o poder de fazer 408 páginas passarem tão rápido que nem percebemos. Vale a pena a leitura. Que venham mais títulos da Sarah Dessen para a conhecermos ainda melhor!

0 comentários:

Postar um comentário

Obrigado por visitar e comentar no Literature-se.
Assim que puder, visitarei o seu blog. Caso não tenha um, deixe twitter, Facebook ou e-mail para que eu possa respondê-lo :)
Dicas, sugestões e críticas construtivas? Comentários abertos para isso e muito mais, só contando com aquela boa dose de bom-senso necessário, né? ;)

 
Literature-se © Todos os direitos reservados :: Ilustração por Prih Mizuh (@pri_mizuh) :: voltar para o topo