21.4.15

Doces - Ladurée (culinária)

É difícil eu ir parar na cozinha espontaneamente, mas quando o faço, quero que, no final, as pessoas que provarem da minha comida me elogiem. Todos os cozinheiros querem isso. Não é à toa que existe a famosa expressão "conquistar pelo estômago" (sem contar quando nossos pais se preocupam tanto com o resultado de uma refeição preparada com muito amor e carinho). E à parte o "o que importa é se está gostoso", sempre vibramos quando o prato preparado sai da forma como imaginamos, a começar pelo visual. 

O livro das tradicionais receitas doces da famosa doceria parisiense Ladurée é um ótimo companheiro daqueles que querem combinar estética e gosto apurados. A confeitaria existe no Brasil (no JK Iguatemi, São Paulo, capital), mas é original de Paris, França. Foi aberta em 1862 inicialmente como padaria, mas depois de um incêndio ocorrido em 1872, transformou-se numa doceria propriamente dita. Somente mais tarde é que a esposa de Louis-Ernest Ladurée, o fundador, teve a ideia de associar a doceria a um café tipicamente parisiense, criando assim, uma das primeiras casas de chá parisienses.

A marca é hoje mundialmente conhecida sobretudo pelos seus macarons, doces delicados, gostosos e fotogênicos. Porém, a seleção de receitas que a editora Senac publicou no Brasil vai além deles e conta com uma variedade de doces de dar água na boca - isso, é claro, através de uma diagramação lindíssima, que conta com encadernação em veludo, detalhes em dourado (inclusive as lombadas), uma caixinha para guardar o livro (réplica das caixinhas nas quais vêm os macarrons), papel grosso, ilustrações fofas e fotos das receitas que é de tirar qualquer estômago pessoa do sério!


















Estava ansiosa para tentar cozinhar macarons, porém devo dizer: nem todas as receitas são fáceis, pelo contrário. Têm muitas difíceis, mas também têm as medianas e as fáceis. Minha primeira experiência com os macarons não deu nada certo. O recheio de limão siciliano é delicioso, ficou realmente gostoso, porém a massa do doce não surtiu o efeito desejado. É importante atentar para a temperatura do forno, algo que deixei de lado e não dei tanta atenção. Fazer macarons é difícil, principalmente para os iniciantes, mas é assim com todo mundo, normal para uma receita delicada. 

Porém, eu gostei bastante da receita de arroz doce, que me pareceu cremosa e prática. Ela é incrível para aqueles com pressa, pois é rápida de se preparar - meia hora para iniciantes. E se antes eu não era tão fã do doce, hoje sou completamente apaixonada. O da Ladurée ainda tem um toque especial: as uvas passas brancas. Fiz várias vezes e em todas ficou gostoso (levei até nas festas de fim de ano!) Fiquem agora com a receita do arroz doce e, em seguida, com o vídeo que fiz sobre o livro (mostrei um pouco dele por dentro também):



0 comentários:

Postar um comentário

Obrigado por visitar e comentar no Literature-se.
Assim que puder, visitarei o seu blog. Caso não tenha um, deixe twitter, Facebook ou e-mail para que eu possa respondê-lo :)
Dicas, sugestões e críticas construtivas? Comentários abertos para isso e muito mais, só contando com aquela boa dose de bom-senso necessário, né? ;)

 
Literature-se © Todos os direitos reservados :: Ilustração por Prih Mizuh (@pri_mizuh) :: voltar para o topo