26.9.14

Cinco autores que gostaria de conhecer melhor

Enquanto observava a minha estante me dei conta de que nos últimos anos conheci alguns autores que adoraria reencontrar. Com isso em mente, resolvi fazer uma lista com alguns desses autores. Preparados? Vamos lá!

Meu primeiro contato com Jennifer Egan ocorreu em 2012, quando estava me descabelando com o TCC. Como meu grupo optou por escrever um livro-reportagem com um estilo mais literário, nosso orientador sugeriu alguns livros contemporâneos que traziam estruturas interessantes e que poderiam servir como inspiração na hora de criar os nossos próprios textos. Assim, conheci "A visita cruel do tempo", vencedor do Pulitzer. Lembro de ter gostado da leitura e de me impressionar com a estrutura da narrativa. E é aí que acabam as minhas recordações. TCC é traumatizante, gente! E causa amnésia, aparentemente. Brincadeiras à parte, quero ler pelo menos mais um livro da autora antes de - quem sabe - encarar uma releitura de "A visita cruel do tempo".

Juro que jamais teria conhecido Liane Moriarty se não fosse pela Intrínseca. Calma, eu explico: quando o meu blog se tornou parceiro da editora, recebi um exemplar de "O segredo do meu marido" como um presente para marcar o início da parceria. Sinceramente, tanto o título quando a capa não me pareceram atrativos, não achei a história seria de meu agrado. Ainda assim, resolvi dar uma chance ao livro já que ele havia sido um presente. Ainda bem que o fiz, porque adorei a forma como a autora narrou o drama familiar vivido por Cecilia Fitzpatrick, criando tensão em alguns momentos e me envolvendo a cada virada de página. Preciso ler mais alguma coisa da autora; sugestões?

Quem já me acompanha há mais ou menos um ano sabe do meu amor por "O Circo da Noite", o livro de estreia de Erin Morgenstern. Amo tanto o livro que às vezes penso em fazer uma coleção com várias edições dele, acreditam? Lembro que durante a leitura me deixei envolver completamente pela narrativa da autora, de forma que me sentia parte da magia do circo. Quando concluí a leitura - que fiz de tudo para que durasse muitos dias - fui atrás de informações sobre a autora e sobre seus trabalhos e fiquei muito frustrada ao descobrir que ela ainda não havia publicado outro livro. Logo, fico no aguardo, Erin.

Confesso que até alguns meses atrás não sabia que essa autora já tinha um livro publicado aqui no Brasil e seu nome só me soava familiar por conta de alguns canais literários internacionais que acompanho. Acontece que lá na gringa, E. Lockhart está bombando por conta de "We were liars"  - que aqui vai se chamar "Mentirosos"  e chega às livrarias pelo selo Seguinte em 10 de outubro -, logo, não negarei uma certa curiosidade e também um certo receio em relação à autora. Felizmente, recebi uma cópia antecipada da edição brasileira que li de forma voraz e desesperada só para saber se o livro era mesmo essa Coca-cola toda questão dizendo. E olha, é isso tudo sim. Já estou cogitando uma releitura. E, claro, conhecer mais o trabalho da autora.

Eu sei que ainda temos alguns meses até 2014 chegar ao fim, mas tenho certeza de que Jeffrey Eugenides escreveu o melhor livro que li este ano e, provavelmente, um dos melhores que li na vida. Não consigo nem colocar em palavras tudo que senti e pensei enquanto lia - e, principalmente depois que terminei - "As virgens suicidas" (resenha aqui). O livro foi escrito com um cuidado, com uma delicadeza, que é impossível não se envolver na narrativa dos garotos apaixonados/obcecados pelas garotas Lisbon. Sei que o autor já tem pelo menos mais dois livros publicados, que pretendo ler o quanto antes.

Quais autores vocês gostariam de conhecer melhor? Ah, e se conhecerem algum livro desses autores que eu citei, por favor, me digam o que acharam. A gente vai adorar saber. :)

4 comentários:

  1. Oi Michele! Dos autores citados, a única que tive contato foi Jennifer Egan. Sou suspeito pra falar dela porque sou muito fã, já li todas suas obras publicadas! A visita cruel do tempo é incrível, indico sempre pra todas as pessoas. Uma dica para próxima leitura da autora poderia ser O Torreão! ;)

    ResponderExcluir
  2. Dos que você citou, conheço apenas a Erin, mas, diferente de você, não gostei muito da narrativa do livro e do jeito que ela contou a história.
    Morro de vontade de ler As Virgens Suicidas, e isso devido ao fato de ter visto tantas resenhas positivas sobre ele. Também quero ler O Segredo do Meu Marido e a obra de E. Lockhart também em chama a atenção.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  3. Oi, Michas! Não li nenhum livro dos autores citados (pretendo!), mas já ouvi falar muito bem de um outro livro da E. Lockhart, chamado "O histórico infame de Frank Landau-Banks":3 quero muito ler esse.
    Beijos
    www.umaunicornio-leitora.blogspot.com

    ResponderExcluir
  4. E. Lockhart <3


    Amei o livro da Frankie e estou gostando muito de Mentirosos, acho que gostaria de conhecer mais sobre ela tbm. #VemProBrasillllllll (bem que queria ahuehae)


    Beijão!

    ResponderExcluir

Obrigado por visitar e comentar no Literature-se.
Assim que puder, visitarei o seu blog. Caso não tenha um, deixe twitter, Facebook ou e-mail para que eu possa respondê-lo :)
Dicas, sugestões e críticas construtivas? Comentários abertos para isso e muito mais, só contando com aquela boa dose de bom-senso necessário, né? ;)

 
Literature-se © Todos os direitos reservados :: Ilustração por Prih Mizuh (@pri_mizuh) :: voltar para o topo