17.9.14

"Alice no país das maravilhas" por Salvador Dalí


Vocês já sabem que eu adoro a história de Lewis Carroll, "Alice no país das maravilhas". E como o livro é famoso e culturalmente difundido pelo mundo inteiro, natural que existam diversas edições. Já vi uma mais linda do que a outra (apesar de serem todas lindas e de me dar vontade de colecioná-las), mas, possivelmente, nada supera a que contém as ilustrações do renomado pintor Salvador Dalí

O livro foi publicado em 1865 com ilustrações de John Tenniel, que até hoje vêm em algumas edições, como a da Zahar que eu mostro aqui. O que me chamou a atenção não foram as ilustrações tradicionais, mas sim as de Dalí: têm de tudo, menos o comum. A edição com tais ilustrações foi publicada pela New York’s Maecenas Press-Random House, em 1969, e se tornou um artigo valioso - e caríssimo. Para quem já conhece o trabalho do pintor já pode anteceder quão maravilhosa é essa mistura de literatura nonsense com o trabalho de um artista surrealista

Na fonte desta matéria, há uma explicação - um tanto quanto confusa, por isso não me atrevi a resumi-la aqui - sobre a técnica de Dalí:
Para aqueles que não conhecem a técnica usada por Dalí, a heliogravura consiste em um processo fotomecânico destinado a obter uma gravura a partir da exposição à luz e transferência química para uma placa de estanho (ou cobre) derivado de um petróleo fotossensível. Dalí usou uma camada de gelatina sensibilizada com bicromato de potássio e negativos, colocado em contato com a placa de metal recoberta pela gelatina que após ser exposta a luz tem as partes assim expostas endurecidas e insolúveis na água. As regiões onde a luz não reage com a gelatina (devido as zonas escuras do negativo) serão lavadas e derretidas. Assim, um ácido utilizado em parte do processo ataca apenas as partes expostas do metal, criando sulcos ou gravações que serão preenchidas com tinta.
 Início
 "Down to the Rabbit Hole"
"Pela Toca do Coelho"
 "The Pool of Tears"
"A Piscina de Lágrimas"
 "A Caucus Race and a Long Tale"
"Uma Corrida de Conversão Política e um Longo Conto"
 "A Rabbit Sends in a Little Bill"
"Um Remetente do Coelho em um Pequeno Projeto"
 "Advice From a Caterpillar"
"Conselho de uma Lagarta"
 "Pig and Pepper"
"Porco e Pimenta"
"Mad Tea Party"
"Festa do Chá Maluco"
Eu sou fascinada pela temática do tempo, e essa imagem é genial, pois une o marcante relógio de Dalí com uma das cenas que eu mais gosto do livro, e que trata justamente sobre o tempo.

 "The Queen’s Croquet Ground"
"O Chão Croquetado da Rainha"
 "The Mock Turtle’s Story"
"A História de Bombaria da Tartaruga"
 "The Lobster’s Quadrille"
"A Quadrilha da Lagosta"
 "Who Stole the Tarts?"
"Quem roubou as Tortas?"
 "Alice’s Evidence"
"A Evidência de Alice"

Há também um vídeo mostrando o livro que foi ofertado pela Amazon recentemente pelo módico valor de 12.900,00 USD:

4 comentários:

  1. Ilustrações lindas. Mas haja paciência para fale-las ...

    ResponderExcluir
  2. hahaha Sim, mas era o trabalho do artista. Assim como tem gente que acha que minha paixão, a leitura, precisa de paciência e eu discordar disso hahaha :)
    Bjs

    ResponderExcluir
  3. Mell, eu já conhecia esse trabalho... Sou completamente alucinada... Realmente uma obra prima e uma linda homenagem para Alice, um dos meus livros preferidos...

    Beijos, Isabela...

    ResponderExcluir

Obrigado por visitar e comentar no Literature-se.
Assim que puder, visitarei o seu blog. Caso não tenha um, deixe twitter, Facebook ou e-mail para que eu possa respondê-lo :)
Dicas, sugestões e críticas construtivas? Comentários abertos para isso e muito mais, só contando com aquela boa dose de bom-senso necessário, né? ;)

 
Literature-se © Todos os direitos reservados :: Ilustração por Prih Mizuh (@pri_mizuh) :: voltar para o topo