27.8.14

Bienal de São Paulo 2014: Dicas e impressões


Do dia 22/08 passado até o próximo domingo (31/08), acontece em São Paulo a 23 Bienal do Livro. Lembro de que ano passado eu estava louca para participar da Bienal que rolou no Rio de Janeiro, mas não pude. Também lembro que a última Bienal que visitei foi há aproximadamente oito anos, quando eu tinha por volta dos 13 anos. Na época fiquei fascinada, mais do que eu costumava ficar quando ia junto da escola, e voltei pra casa com muitos livros e um sorriso enorme no rosto. Mal sabia eu que anos mais tarde eu faria a mesma coisa (embora com menos livros e um pouco mais de "pãodurismo"), mas que voltaria com um sorriso ainda maior no rosto. Apesar dos pesares.

Resolvi fazer esse post para dar algumas dicas e tentar ajudar aqueles que ainda vão passar pela Bienal esse ano. Mesmo que tarde, acho importante ressaltar alguns pontos sobre o evento, já que gostaria que tivessem me esclarecidos algumas coisas, mesmo que só para me programar antecipadamente. Depois volto para falar sobre o que comprei, quem conheci e tudo o mais, combinado?

Como chegar?

Eu moro no interior, a aproximadamente 50 minutos de ônibus da capital. Para a minha sorte, o ônibus que pego ao lado de casa para justamente no terminal Tietê. Digo isso porque o evento disponibiliza muitos ônibus gratuitos ida-e-volta para quem vai visitar a Bienal sem carro (cuja estadia custa R$40). Tanto no sábado quanto no domingo passados eu fui de ônibus até o Tietê, porém não consegui encarar a fila enorme que tinha para pegar o tal ônibus gratuito. Fiquei sabendo que o tempo da fila era de em média 30 minutos por volta do meio dia, mas aposto que no horário no qual cheguei (9h00), eu demoraria bem mais do que isso para chegar até o Anhembi, local onde está sendo realizada a Bienal. Se você pretende encarar a fila, leve mais água e um bom protetor solar. Mas também há os transportes "alternativos". Vans e ônibus paralelos que são pagos, mas que te deixam no local em apenas 5 minutos, ou menos. Vi quem cobrava R$3 e quem cobrava R$5. E, claro, os taxis, mas sobre eles não sei informada nada.

Durante todos os dias do evento o ônibus gratuito sai do Tietê, mas nos finais de semana tem gratuitos também no terminal Barra Funda. Domingo fui até a Barra Funda, porém lá eles são tão desorganizados que acabei não encontrando os ônibus e peguei o metrô até o Tietê, onde tem até placas indicando o local de partida dos tais ônibus. No final das contas, creio que o ônibus da Barra Funda saia de fora do terminal, mas já não posso dar certeza.

Como entrar e a questão das filas

Tem fila para tudo: beber água, usar o banheiro, comer, pegar autógrafo, entrar nos estandes, pagar suas compras (!) e, como não poderia deixar de ser, para comprar o ingresso e para entrar no evento. Por isso, o melhor a se fazer é comprar os ingressos antecipadamente pela internet, que é fácil, rápido (você pode imprimir na hora mesmo) e evita uma fila de mais de uma, duas horas, dependendo do horário/do dia que você for visitar o local. O normal é que essas filas diminuam nos dias da semana, mas só fui durante o final de semana para afirmar isso. 

Alimentação

Se tem uma coisa que você não pode deixar de levar é água. Primeiro porque as filas são gigantescas, fiquei 45 minutos para conseguir comprar duas garrafinhas. Segundo porque lá dentro é muito calor, eles definitivamente têm problemas com a circulação de ar ali dentro. E por último, mas não menos importante, porque a água custa o olho da cara: já vi por R$4, R$5 e até por R$6! E nem pense em bebedouros, porque só vi um (!) durante todo o evento, e fiquei sabendo que na sexta-feira eles retiraram a maioria para "incentivar" a compra. 

Já a comida é complicada. Quase tudo padronizado, frio e o pior que se pode imaginar. Sem contar a fila gigantesca. Porém, sei de um restaurante no andar de cima que dizem que é a melhor opção para quem vai comprar a sua comida. Para mim, a melhor opção é levar um lanche de casa, assim se evita fila e refeições abaixo da média.

Preço dos livros - vale a pena gastar na Bienal?

A Bienal nunca agradou 100% as pessoas pechincheiras. Não vá ao evento pensando que vai a um sebo, apesar de hoje em dia nem sebos cobrarem tão barato assim. Há estandes com promoções, outros com descontos progressivos, e até mesmo aqueles com ótimos preços, como um dos estandes da Saraiva que possui livros a R$5 e R$10. Porém, a maioria dos estandes não costumam ter preços tão baixos quanto gostaríamos. Uma coisa bacana a se fazer é conhecer editoras menores (e estandes de lojas, não de editoras), pois as maiores quase nunca têm um preço amigo. Creio que vale a pena comprar livros lá, sim, porém aqueles com preços mais baixos do que os da internet/lojas físicas, ou aqueles difíceis de se encontrar.

Organização 

Embora no domingo a organização já estivesse melhor, ainda assim deixava a desejar. É muita gente para um lugar pequeno, as editoras maiores estão todas juntas (o que dificulta a boa circulação dos visitantes e acaba criando mais filas e tumultos), as senhas de autógrafos são distribuídas na entrada (o bom senso manda beijos e dá a dica de disponibilizar via internet e antes do evento), o local é muito fechado/abafado, o acesso é complicado e muitas vezes desorganizado... Ou seja, há muitos pontos negativos quanto à organização da Bienal, mas no saldo final vale a pena participar, principalmente quem ama livros.

Para mais informações, visite o site do evento!

12 comentários:

  1. Fui hoje na Bienal e achei tudo bem tranquilo! Não encontrei promoções arrasadoras.Sobre os preços das comidas me senti numa rodovia federal no meio do nada e com fome!

    ResponderExcluir
  2. Fui há bienal de SP dia 24/08, e achei uma total bagunça, e por conta da comida, muito caro as coisas lá, e alguns livros também. A única coisa boa para mim, foi conhecer a Bruna Vieira.

    ResponderExcluir
  3. loucura loucura essa bienal ..

    ResponderExcluir
  4. O ônibus da Barra Funda sai do lado direito do Memorial, Mell! É do lado de fora do metrô/terminal e etc. Cheguei num horário X (duas da tarde, tava praticamente sozinha na fila), então tava bem de boa. Pra voltar, entretanto, fiquei quase 25 minutos esperando o ônibus no estacionamento xD

    A Bienal foi UMA LOUCURA. Comprei pouco, abracei muito e cansei demaaaaais. A organização deixou a desejar 100%. Nem consegui entrar na Comix que eu tanto queria, por causa da fila </3

    Apesar disso: valeu a pena. Volto no domingo :) ♥

    ResponderExcluir
  5. Eu fui no dia 23 e estava uma loucura, Mell! Mas gostei muito, valeu à pena!

    ResponderExcluir
  6. Tive impressões bem parecidas com as suas, mas gostei de ter ido por que encontrei editoras que não conhecia e livros que nem pensava comprar (e foram boas escolhas apesar dos pesares) :)

    ResponderExcluir
  7. "Apesar dos pesares" haha. Viu muito essas mesmas reclamações em diversos blogs, infelizmente a Bienal é tudo bom, porém tem pontos bem chatinhos como as filas, preços e a educação. É inacreditável como as pessoas não tem respeito, vão se empurrando, se enfiando, não querem nem saber. Porém é uma ótima experiência e pretendo ir em 2016.
    Grande abraço e que a força esteja com você!
    http://www.paradageek.com/

    ResponderExcluir
  8. Olá Mi, Eu vim pra te pedir pra vc fazer uma TAg q eu criei, ñ tenho canal nem blog mais sempre quis fazer uma TAG, TAG:

    Nome da TAG: Minha Estante

    1- Qual Capa da sua estante chama mais atenção?

    2- Qual história (Livro) da sua estante todos deveriam ler?

    3- Qual capa da sua estante vc menos gosta ou acha que vc acha que ñ deixa sua estante bonita?

    4- História que quando vc ler ou olha o livro na sua estante e ñ tem boa recordação?

    5- Qual musica que vc lembra quando olha sua estante?

    6- Qual o primeiro livro da sua estante vc olha?

    7- Qual seu Chodozinho da sua estante?

    8- O livro da sua estante que te fez rir muito

    9- Indique quantas pessoas quiser para responder essa TAG.

    OBG pela atenção. :*

    ResponderExcluir
  9. Oi, Maya. Meu nome não é Mi, é Mellory ;)
    Obrigada pela indicação de tag! Super bacana!

    ResponderExcluir
  10. http://livros-sonhos-imagine.blogspot.com.br/ Mel me ajuda a divulgar por favor?

    ResponderExcluir
  11. Kkkk era pra sair Mell o Seu nome mais digitei errado e nem percebi, kkkk mais obg Beijos... :*

    ResponderExcluir

Obrigado por visitar e comentar no Literature-se.
Assim que puder, visitarei o seu blog. Caso não tenha um, deixe twitter, Facebook ou e-mail para que eu possa respondê-lo :)
Dicas, sugestões e críticas construtivas? Comentários abertos para isso e muito mais, só contando com aquela boa dose de bom-senso necessário, né? ;)

 
Literature-se © Todos os direitos reservados :: Ilustração por Prih Mizuh (@pri_mizuh) :: voltar para o topo