16.5.14

Literalmente falando #03 - Sobre releituras



Durante esta semana realizei a releitura de A culpa é das estrelas, de John Green, e a experiência me motivou a levantar mais uma discussão por aqui. Hoje, quero conversar um pouco sobre releituras; poucas vezes conversei com alguém sobre o assunto e isso me motiva a querer saber a opinião de vocês. 

Eu, particularmente, não tenho absolutamente nada contra releituras. É sempre bom poder visitar um universo familiar e reencontrar personagens que nos marcaram. Li O Hobbit em 2008 e lembro de ter achado o livro muito legal, cheio de aventura e magia; recentemente, li novamente antes de assistir ao primeiro filme e, apesar de não encontrar nada de diferente na releitura, continuo achando o livro uma obra-prima da fantasia. Algo mais ou menos parecido aconteceu quando li novamente O grande Gatsby e O apanhador no campo de centeio. Ao contrário do que aconteceu com o exemplo anterior, durante a releitura pude compreender essas obras de forma mais abrangente e constatar que mesmo com o passar dos anos, aquelas histórias continuavam a falar comigo e que a cada possível releitura encontraria novos aspectos a serem explorados nelas.

Outro ponto que acho bastante válido na releitura é considerar aquela ideia de "momento certo" para conhecer uma história. Às vezes, a gente lê um livro e não acha nada de interessante e até não entende por que tanta gente ama determinada história; com a releitura, é possível que essa opinião mude. Nesse caso, muito depende também das experiências vividas e da maturidade adquirida entre a leitura e a releitura. Li O pequeno príncipe quando tinha dez anos e, na época, não entendi quase nada, pois a minha interpretação da história era bastante literal. A partir da releitura que fiz quase dez anos depois foi possível enxergar inúmeros aspectos na obra de Antoine de Saint-Exupéry que passaram completamente despercebidos por meus olhos infantis. Dessa forma, a releitura me fez conhecer "de verdade" a história do pequeno príncipe e, a partir de então, considerá-lo um dos meus livros preferidos. A releitura nos permite redescobrir histórias e amá-las.

Por um outro lado, consigo compreender a visão de quem não tem o hábito de reler livros. Existem tantas histórias e universos a serem descobertos que muitas vezes optamos por explorá-los ao invés de revisitar mundos já conhecidos. Infelizmente, o tempo é curto e vai ser muito difícil ler tudo o que há para ler no mundo, por isso, é justo priorizar aqueles livros que ainda não foram lidos. E há também o fato de que quando já se tem o conhecimento do desenrolar e do desfecho de uma história, muito da graça da releitura é perdido. Afinal, como se envolver com um mistério policial se já sabemos quem é o assassino? No meu caso, sei que jamais irei reler O caso dos dez negrinhos, um dos meus preferidos de Agatha Christie, pois já sei como a história acaba.

Acredito que tudo depende muito do que estamos procurando quando optamos por uma releitura, seja a certeza de encontrar uma história envolvente ou um porto seguro literário, seja a compreensão de uma história que não ficou muito clara ou até uma nova interpretação de um livro a partir das experiências que vivemos. Continuo firme na minha defesa das releituras, pois acho-as muito válidas, mas também preciso ressaltar a importância de continuar a buscar novos horizontes literários, pois novas experiências nos permitem abrir as nossas mentes para novas ideias, assim como para o nosso crescimento e nosso amadurecimento intelectual. 

E vocês, o que pensam a respeito de releituras? Têm o hábito de reler livros? Contem nos comentários, nós queremos saber o que vocês pensam! :)

10 comentários:

  1. Releituras são importantes, concordo totalmente com o que você citou. Às vezes, lemos uma história que, pode não ser de tanta importância (ou o contrário), mas ao reler, podemos enxergar ele com outros olhos, podemos ver outros pontos que, da primeira vez, não vimos.
    ~você falou de O hobbit e lembro que quando terminei de ler pela primeira vez, fechei o livro, e quis o reler na mesma hora uhehehehe~
    Kisssus
    www.penseicliquei.blogspot.com

    ResponderExcluir
  2. Amei kk comecei com o blog tem pouco tempo poderia dar uma olhada, obrigada

    http://aggridocce.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Eu fico sempre entre os dois pontos: reler para revir aquela sensação/para ver se desta vez eu entendo a história e não reler porque a vida é curta demais. As duas são válidas porque o mais importante é você, o leitor, degustar da leitura. Seja porque você revive as emoções que já viveu (eu com Harry Potter e alguns livros da Judith McNaught), seja porque você precisa saber se você captou a história bem (minha futura releitura de A Insustentável Leveza do Ser)... ou se simplesmente tomar consciência que tem muito livro para ler e prefere chutar a bola para frente.

    ResponderExcluir
  4. Eu amo reler livros! Principalmente aqueles que me marcaram bastante, mas infelizmente não tenho tempo para ler, então acabo sempre escolhendo os novos. Mas, de vez em quando, eu pego um dos meus preferidos e releio algumas cenas :) Adorei o post, Mel!
    http://www.gemeasescritoras.com/

    ResponderExcluir
  5. Compreendo e concordo com o que você disse.. Eu li Pequeno Príncipe quando era pequena e também não entendi nada, hoje a minha leitura é completamente diferente. E é justamente por causa do momento. Eu não era muito fã de releituras, confesso que não fazia.. Tinha um pensamento pequeno "se eu já li pra quer ler de novo a mesma história?" e graças a Deus fiz a minha primeira releitura e depois disso eu entendi que eu preciso continuar. Mas as releituras tem seu momento, seja pra relembrar a história ou pra viver/entender alguma mensagem que passou despercebida. No momento eu tô seeeeeeeeempre relendo Harry Potter ahuahu sempre!


    http://quasedemanha.com

    ResponderExcluir
  6. Aline Nascimento Alves dos San17 de maio de 2014 18:15

    Releituras realmente são importantes , mas as vezes me dá um certo medo de reler , pelo motivo de eu gostar muito de um livro que li a 3 ou 4 anos atrás e pensar '' se eu reler e perceber que não foi nada daquilo '' . O hobbit eu leio todo ano e sempre me encanto como se fosse a 1ª vez .

    ResponderExcluir
  7. Marina Rocha Daros18 de maio de 2014 07:27

    Michelle, concordo plenamente contigo.
    Nunca tentei reler um livro simplesmente porque prefiro conhecer os que ainda não li e que estão "esperando" a sua hora.
    Mas confesso que tenho vontade de reler alguns, principalmente os meus prediletos, justamente para sentir de novo a emoção da história, entendê-los melhor e captar algo que perdi na primeira leitura.
    Beijos!

    ResponderExcluir
  8. Não julgo quem não gosta de reler um livro, cada um tem seus motivos, mas GERALMENTE quem fala que é perda de tempo costuma ler muito muito muito compulsivamente (tipo em grande quantidade msm sabe?). Não sei, mas a maioria das pessoas que me falam que eu perco tempo relendo livros são pessoas que preferem ler 150 livros num ano.

    Anyway, não era isso que eu queria comentar, queria dizer que gosto de reler histórias porque acho ótimo revisitar coisas que me encantaram. Esse ano reli dois livros muito queridos pra mim. Obviamente tem o fator de olhar com outros olhos, como vc comentou aí no texto. Tipo O Pequeno Príncipe que todo mundo leu quando criança (menos eu aheuahe) e disse que viu uma coisa, e agora quando maior, viu outra história. Ou algo que o valha.

    Gostei da discussão. Dá pano pra manga. :)

    Bjs!

    Raquel
    www.pipocamusical.com.br

    ResponderExcluir
  9. regra dos 15, uso isso com filme ahueaheah se eu gostei de um filme antes dos quinze e o vejo depois dessa idade, geralmente me decepciono :P

    brincadeiras à parte, ainda não me decepcionei com nenhuma releitura. :)))

    bjs

    ResponderExcluir
  10. Camylla Carvalho21 de maio de 2014 08:42

    Adorei os pontos que você citou :) eu amo reler livro... Quando n tinha o meudinheiro eu relia o tempo todo! Pois n podia comprar mais livros... Agora q tenho tanto livro pra ler na estabte ainda n reli nada esse ano mas pretendo reler muitos ainda!
    Forever a Bookaholic

    ResponderExcluir

Obrigado por visitar e comentar no Literature-se.
Assim que puder, visitarei o seu blog. Caso não tenha um, deixe twitter, Facebook ou e-mail para que eu possa respondê-lo :)
Dicas, sugestões e críticas construtivas? Comentários abertos para isso e muito mais, só contando com aquela boa dose de bom-senso necessário, né? ;)

 
Literature-se © Todos os direitos reservados :: Ilustração por Prih Mizuh (@pri_mizuh) :: voltar para o topo