26.11.11

Resenha: Não Sou Este Tipo de Garota

Não Sou Este Tipo de Garota, escrito por Siobhan Vivian.
● Editora: Novo Conceito.
● Páginas: 248
● ISBN: 9788563219381
“Na minha visão de veterana, a orientação aos calouros é uma perda de tempo colossal.Se fosse por mim, as coisas seriam bem diferentes. Somente três coisas seriam transmitidas aos garotos para que vivessem uma experiência de sucesso no ensino médio: fazer a lição de casa, usar camisinha e passar desodorante nos sapatos de couro. Por outro lado, ao aconselhar as meninas, diria que confiar em garotos é igual a beber e dirigir. O fato de se tomar uma ou duas cervejas nunca parece perigoso no começo. Mas para mim, era óbvio: por que alguém iria correr o risco? (...) Era o tipo de informação que poderia salvar a vida de uma garota (...) Momentos constrangedores tinham uma vida útil surpreendente na escola (...)” A vida é feita de escolhas, e Natalie Sterling se orgulha de suas decisões. Mas será que agora conseguirá escolher o caminho certo? Ainda continuará sendo o mesmo tipo de garota até a formatura? “Siobhan Vivian desafia as suposições sobre o sexo na escola e envia uma mensagem positiva sobre aceitação, perdão e amor.” Este era seu último ano do colégio. Entrar na universidade, ser presidente do conselho estudantil e passar todos os dias com sua melhor amiga era tudo o que Natalie havia planejado. Ela sempre foi estudiosa, a melhor da classe. Não era o tipo de garota comum na Academia Ross, pois se reocupava muito com sua reputação. Talvez até demais. Então, para sua surpresa, no início das aulas, uma caloura a reconhece por tê-la tido como babá anos atrás. Desse reencontro surgirão muitos acontecimentosem que Natalie será obrigada a fazer difíceis escolhas para os dilemas de sua vida no ensino médio, como qualquer adolescente. Seu último ano será repleto de decisões, indecisões, julgamentos e paixões, tornando-se inesquecível. Seus planos sofrem uma reviravolta e sua vida fica de pernas para o ar, tudo o que ela não dese java inicialmente.


Natalie Sterling tinha tudo sob controle: melhor aluna da turma, um currículo excelente, diversos créditos escolares e um plano para o seu futuro: vencer a presidência do conselho estudantil, ser aceita numa universidade conceituada e ter sua melhor amiga, Autumn, sempre ao seu lado.

Porém, nada nessa vida sai como o planejado. Quando Mike Domski, o valentão jogador de futebol e metido a sabichão da turma, decidiu se candidatar, sua vida muda completamente. Sabe que ele não possui nenhum plano em mente, e que só está fazendo isso para se tornar ainda mais popular. O pior é que esse é o tipo de cara que lança mão de baixarias para te desmoralizar, e Natalie passa a sofrer com suas investidas sujas.

Mas ela consegue se safar do perigo que a popularidade de Mike lhe representava quanto à eleição e, quando foi eleita, provocou a ira dele. Porém outras coisas estavam acontecendo ao mesmo tempo: Spencer, de quem fora babá há três anos, era a nova caloura-metida-a-gostosa da escola, e Natalie se sentia ultrajada com as atitudes de Spencer, que insistia em apelar para a sensualidade a fim de chamar a atenção; seus ideais e os de Autumn parecem se conflituar; a Sta. Bee, sua coordenadora, a pressiona cada vez mais com seus motivos feministas em relação à liderança de Sterling, e todo o seu plano, e quem ela julgava ser, fica em jogo quando Natalie se apaixona por um garoto popular que ela criticava e pensava ser um idiota completo.

Natalie é o tipo de personagem principal que amadurece com o tempo. Vai aprendendo que julgar a todos não é a melhor maneira para se viver, e que desse modo quase sempre estará errada e se arrependerá. Eu me identifiquei muito com ela, e pude aprender bastante, também. As reviravoltas que lhe ocorrem são genuinamente necessárias para lhe ensinar a ser uma pessoa melhor, mesmo que aquela que ela pensava ser fosse a melhor pessoa, não era, pois criticar sempre e estar no controle de tudo e todos, nem sempre é a melhor opção para vivermos em paz com as pessoas que amamos. A história dela nos explicita que tudo em excesso faz mal, até mesmo responsabilidade e críticas.

Os personagens são bem construídos, a história é rápida, assim como a escrita, que é muito fluente (li em apenas dois dias.) Em síntese, é um pouco previsível, porém uma narrativa gostosa de se ler. 

Além do mais, não tem como não gostar de Autumn, ou de se apaixonar pelo mocinho (juro que estou tentando não dar spoilers aqui, mas é muito difícil! Não vou dizer o nome dele, ok?), que é um fofo e mostra-se totalmente diferente dos julgamentos de Natalie. Sério, estou in love por ele, talvez seja o melhor personagem do livro, mesmo que a autora não tenha tido um esforço muito grande para desenvolver o seu personagem - já que foi abordado de forma superficial, sem analisá-lo tanto interiormente. 

O único ponto negativo são os erros que, algumas vezes, passaram despercebidos pela edição, algo como "assobio", "descente", "mais" ou invés de "mas", e esses erros que tanto nos irritam. Mas como é a primeira edição, tenho certeza de que esses poucos pontos serão consertados. 

Quotes:
Ele (não vou dizer o nome, já falei! haha) era mesmo bonito. Não havia coisa que se sobressaía nele, era como se todo o conjunto criasse uma bela harmonia. Seu jeito era muito tranquilo, parecia não se importar com nada no mundo. E provavelmente não se importava.
As coisas que tornam alguém popular na escola chegam a ser irritantes.
Eu sempre achei que soubesse o tipo de garota que eu era, só que não sabia.

15 comentários:

  1. Ah, que amor! Gostei da história, e pela resenha já sei exatamente qual tipo de livro é: aquele tranquilo, previsível, mas muito bom. Resumindo, fofo! Eu quero ^^

    Xoxo Nininini

    ResponderExcluir
  2. Oi Mellory!
    pra começar que eu tenho que falar que eu adorei seu nome sério mt lindo *-*
    Esse livro ta na minha lista de desejados já faz um booooooom tempo e eu só vejo coisas boas a respeito dele, mas por alguma razão sempre parece ter algum livro mais urgente pra comprar! Mesmo assim, não vejo a hora de ler e amei a quotes que voce ressaltou no fim da resenha *-*
    Brigada pela visita no blog volte sempre, seguindo e acompanhando aqui
    Beijoos!


    http://blogcabelosaovento.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  3. Eu já tava apaixonada por essa capa, daaai agora que eu li sobre o que é, estou mais in love ainda. ALGUÉM ME DÁ ESSE LIVRO D:'

    ADOREI a Review. *O*
    Beijos
    Cah
    The Review Kingdom

    ResponderExcluir
  4. Oi, Mell! Que blog lindoooo! Amei!

    Eu tb me apaixonei pelo mocinho... Ai, ai...
    Li este livro em um dia! Adorei!

    Bjo.

    ResponderExcluir
  5. É um livro que gostei muito, mas que tem espaço pra mais!
    Espero que tenha continuação.
    bjs

    ResponderExcluir
  6. Eu gostei desse livro, da história dele e todo o resto! O porem é que eu não consegui gostar da Natalie e achei que no final a escritora correu demais. Agora os outros personagens são os melhores *--*
    Beijos,K.
    Girl Spoiled

    ResponderExcluir
  7. Mell, eu até que gostei do livro (longe de ser meu favorito). Foi uma leitura fácil e rápida e isso acaba me conquistando sempre.
    Beijão!

    ResponderExcluir
  8. Estou doida para ler esse livro, pretendo comprá-lo rapidamente e espero gostar bastante da história, pois ela me chama bastante a atenção. ^^
    beijos.

    ResponderExcluir
  9. Ai, eu quero tanto ler esse livro. Está na minha lista de desejados há alguma tempo já. :)
    Adorei a resenha e só aumentou a minha vontade de ler. Quem sabe em breve, não é verdade?
    Acabei de conhecer o blog e já estou seguindo, viu?

    Um beijo,
    Luara - @luuara
    http://estantevertical.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  10. Oi Mell!

    Acredita que lemos o livro na mesma época?! Também li super rápido e gostei. Como você escreveu, é uma história previsível, mas dentro do contexto em que se passa, a autora conseguiu expressar muito bem todos os sentimentos e conflitos da fase. Mas, diferente de você, não me encantei pelo romance de Natalie. Não achei ruim, mas também não me agradou!

    Beijo!
    http://janinestecanella.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  11. Adorei a resenha, Mell.
    Minha irmã ganhou o livro e vou pedir emprestado. Fiquei curiosa e morrendo de vontade de ler.
    Beijos

    ResponderExcluir
  12. Oi Mell!
    Adoro esse livro, é uma leitura super leve e fácil. Não é o melhor do mundo com certeza, mas entretém bastante!
    Eu percebi esses errinhos também, o que é uma pena. Tomara que na próxima edição isso seja corrigido.

    Beijos :)
    Livros e blablablá

    ResponderExcluir
  13. Faz tempo que tô louca pra ler, e até agora não li. O meu está aqui esperando ser pego. rs
    Espero gostar...

    Beijos, Book and Cupcake.

    ResponderExcluir
  14. Ahhh!! Fiquei louca para ler o livro!! Até agora não tinha despertado minha atenção... rsrs Mas, parece ser ótimo e engraçado!! /curiosidade master/

    Beijos
    Ann G. anngominho.blogspot.com

    ResponderExcluir
  15. Oi Mellory!
    Gostei da sua resenha, o livro parece ser muito bom!
    Mas confundir MAIS com MAS não dá pra engolir, hein =/
    Beijos,
    Sora - Meu Jardim de Livros

    ResponderExcluir

Obrigado por visitar e comentar no Literature-se.
Assim que puder, visitarei o seu blog. Caso não tenha um, deixe twitter, Facebook ou e-mail para que eu possa respondê-lo :)
Dicas, sugestões e críticas construtivas? Comentários abertos para isso e muito mais, só contando com aquela boa dose de bom-senso necessário, né? ;)

 
Literature-se © Todos os direitos reservados :: Ilustração por Prih Mizuh (@pri_mizuh) :: voltar para o topo