9.3.11

Entrevistando Um Autor #7 - Vanessa Bosso

Vanessa Bosso é a escritora de 2012 - Uma Aventura No Final do Mundo, já resenhado aqui no blog, e possui opiniões muito interessantes sobre assuntos que tangem à polêmica.
Seu livro desperta a curiosidade até no leitor menos intrigante que existe, e partindo disso, não pude deixar de propor uma entrevista, a qual ela aceitou prontamente e respondeu de uma forma muito simpática! 
Se você já leu 2012, não vai querer deixar de ler suas respostas, pois tenho certeza de que muitas perguntas respondidas aqui já passaram pela sua cabeça. E se você ainda não leu, leia a resenha e parta para novas aventuras, você não irá se arrepender!



Como você definiria Vanessa Bosso?
Como toda boa canceriana, sou uma sonhadora. Alguém capaz de passar horas inventando histórias e personagens. Costumo brincar que possuo uma mente insana, mas sinceramente? Acho que sou mais sã do que muita gente por aí.

Todo escritor tem, por obrigação, a paixão pela literatura. Você se lembra de quando começou a gostar de ler?
Comecei a ler tarde, com 13 anos. O gênero que despertou meu gosto pela leitura foi, pasme, Ufologia. Devorei zilhões de livros com o tema.  

Geralmente, há sempre alguém que nos influência a começar a ler. Alguém te mostrou o universo literário, ou você o descobriu por si própria?
Minha mãe é leitora compulsiva, mas, nunca me obrigou a ler. Um dia, em sua mesa de cabeceira, me deparei com um livro chamado “Eram os Deuses Astronautas?” Foi meu primeiro livro na área da ufologia. 

Quais seus maiores vícios (literários, cinematográficos, musicais) e hobbies?
Como deu para perceber, sou viciada em literatura ufológica. Também gosto de leitura ocultista, mística, espiritualista, espírita e por aí vai. Se tem um quê de oculto, é comigo mesma!
Amo cinema. Prefiro ficção científica (óbvio não?) e aventura ao estilo Indiana Jones.
Sou apaixonada por Rock e todos os seus estilos. Desde os clássicos de Led Zeppelin até os contemporâneos do U2, Rage Against... 
Sou viciada em internet. Mas não como algo ruim. Uso a rede para pesquisar todos os assuntos do meu interesse, sempre ligados à ufologia, conspirações, fim do mundo e por aí vai.
Apesar dessa minha queda pelo oculto, ADORO fazer artesanato. Pintura em madeira eu amo de paixão! É um outro jeito de expressar minha criatividade e controlar a ansiedade, essa última, sempre em alta.

“2012 – Uma Aventura no Final do Mundo” é um livro que trata de um assunto muito polêmico. Tudo o que apresenta no livro, você acredita ou é algo inventado por você? Até que ponto podemos considerar suas palavras arraigadas em sua crença?
Esse é um assunto delicado e controverso. Tenho a mente aberta e a tendência a acreditar sempre no lado mais fantasioso das coisas. Muito sobre o que descrevo no livro 2012, eu particularmente acredito. Talvez a data não seja 2012. Mas que algo similar acontecerá, como já aconteceu em tempos remotos, isso nem os cientistas duvidam.

Além do apocalipse, você narra sobre outros assuntos que geram mais do que polêmica: nós não conseguimos provar a realidade deles. O que você crê em ralação a
Ufologismo: Acredito em gênero, número e grau. Não consigo imaginar a raça humana como única neste universo. E como acredito em outras dimensões e multiversos, seria absurdo se eu não acreditasse em extraterrestres. 
Almas gêmeas: Acredito sim, por mais romântico que isso possa parecer. Acho que todos temos uma metade e por isso, em muitos momentos da vida, nos sentimos sós, vazios, apesar de rodeados de pessoas.
Encarnações: Com certeza! É uma crença que nasceu comigo, não me foi ensinada por ninguém. Simplesmente me parece natural. 
Anjos da guarda: Não no sentido literal da palavra. Acredito em guias, amigos que nos acompanham durante toda a vida a fim de nos ajudar em nossa missão.

E uma pergunta que não se quer calar na cabeça de qualquer leitor de “2012 – Uma Aventura no Final do Mundo”: Você, Vanessa, acredita que o mundo (ou a nossa geração, segundo o livro) vai acabar no dia 21 de dezembro de 2012?
Realmente não acredito nesta data. Mas o fim dos tempos e o início de uma nova era terá início em algum momento do século XXI... quando? Fica aí a pergunta de um milhão de dólares!

Quando e por que surgiu a idéia de escrever “2012”?
Chegou um momento da minha vida que disse: Quero ser escritora, quero me aventurar e dar vida à minhas histórias e personagens malucos. E 2012 era um assunto muito latente na minha cabeça naquele momento. Eu pesquisava tudo sobre o assunto há tempos e me pareceu a história perfeita para ser o pano de fundo para um romance como o de Liz e Thiago. Eu queria extraterrestres, vidas passadas, reencarnação, almas gêmeas, profecias... um mix de tudo o que mais gosto. Só mesmo com o fim do mundo como pano de fundo eu consegui juntar tudo isso para meu deleite e daqueles que gostam do estilo.

Durante a leitura, somos apresentados a diversas músicas, bandas e cantores. Particularmente, eu amo U2 (e With Or Without You é a minha música preferida deles!). AC/DC, Rage Against, etc. Todas essas citações descrevem o seu gosto musical?
Amo todas essas bandas! Amo rock!

Como uma apaixonada pela Inglaterra e caiçarense (moro no Guarujá! Haha), de onde surgiu a idéia de inserir Guarujá, Ribeirão Preto e Londres ao contexto?
Sou paulistana e freqüentei muito o Guarujá. Hoje moro em Ribeirão Preto e morro de vontade de conhecer Londres... entendeu?? Rs

Como foi o processo de publicação de “2012”?
Foi incrivelmente simples. O selo Novos Talentos da Novo Século é a porta de entrada para escritores como eu, em início de carreira. 

Adoro fazer essa pergunta, pois acho que a maioria das personagens principais criada é um reflexo do escritor (claro, com seus diversos sentidos). Então, com qual personagem você se identifica mais?
Sem sombra de dúvidas, a MELISSA!!

Um(a)...
Livro: OPERAÇÃO CAVALO DE TRÓIA
Autor(a): J.J. Benítez
Gênero literário: Ficção científica
Pesonagem: Jonny Goodboy Tyler do livro CAMPO DE BATALHA TERRA: UMA SAGA DO ANO 2000 (L. Ron Hubbard)
Citação: “Tudo o que somos é resultado de nossos pensamentos” (Buddha)
Banda: AC/DC
Música: With Or Without You (U2)
País: Brasil (sem dúvida)
Cidade: Paraty
Local: Praia do Forte em Salvador-BA
Cor: Verde
Sonho: Ter poderes paranormais... hahahaha... uma x-men!!

Qual o seu conselho para os escritores que estão no processo de escrita de seus livros?
Confie em seus instintos e não desista nunca! 

Você está escrevendo algum livro atualmente? Se sim, conte-nos um pouco sobre ele.
Já tenho três livros escritos com lançamentos marcados: 
1.O Elemental – 30 de abril de 2011 - aventura
2.Senhor do Amanhã – novembro de 2011 – conspirações
3.O Imortal – início de 2012 – romance
4.Ainda sem nome – estou iniciando nova obra ainda sem nome. Será um romance bem ao estilo de 2012... mas prometo não acabar com o mundo!

Como é o seu contato com os fãs? Tem recebido muitas críticas (positivas e negativas)?
Fãs? Risos! Não acho que tenho fãs. Tenho contato com alguns leitores e as críticas tem sido bem interessantes. A maioria gosta do meu estilo de narrativa bem como da história louca que criei. Mas como é um livro que amo de maneira sublime, as poucas críticas negativas não me atingem de forma ruim... eu capto o que é legal para o meu trabalho e descarto o que não me acrescenta em nada. No geral, as críticas tem sido ótimas... que bom não?

Obrigado por aceitar fazer a entrevista, Vanessa! E principalmente pela parceria; foi uma oportunidade e tanto poder ler e resenhar “2012 – Uma Aventura no Final do Mundo” aqui no Croissant Parisiense. Por ultimo, gostaria de dizer alguma coisa para os leitora do blog?
Gostaria de salientar que 2012 não é um livro catástrofe. O fim do mundo é apenas pano de fundo para uma linda e deliciosa história de amor. Não tenham medo de ler este livro... os extraterrestres são do bem, eu garanto! E o fim do mundo, é apenas o começo da aventura da vida!
Beijo grande a todos os seguidores do blog e se quiserem entrar em contato comigo, podem me encontrar no twitter (viciada). http://twitter.com/vanbosso

5 comentários:

  1. Estou lendo 2012, estou achando muito legal!!

    Bjus
    Gisele
    http://dicasdelivrosefilmes.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Oi Mellory!

    Adorei a entrevista, perguntas muuuito inteligentes as da autora. Acho a capa do livro dela linda, quero muuuito ler.

    Beijos =D
    Matheus Goulart.
    # Bobagens e Livros
    ( www.bobagenselivros.blogspot.com )

    ResponderExcluir
  3. Caramba!
    Tô chocada.
    Me identifiquei 100% com a Vanessa. 100%!
    Também aaadoro demais Ufologia e tudo relacionado ao ocultismo.
    As idéias dela, as crenças. Que legal, adorei mesmo.

    Mal posso esperar para ler 2012 *-*

    ResponderExcluir
  4. tenho que dizer que fiquei arrepiada com aquela resposta quanto a 2012 HUAIHUAUAI tipo, durante o século XXI, really? me-do! A Vanessa é super simpática, adorei ter lido 2012.

    ResponderExcluir
  5. Quero muito ler 2012 e a Vanessa é uma pessoa super legal, adorei a entrevista.
    Beijos, Mell.

    ResponderExcluir

Obrigado por visitar e comentar no Literature-se.
Assim que puder, visitarei o seu blog. Caso não tenha um, deixe twitter, Facebook ou e-mail para que eu possa respondê-lo :)
Dicas, sugestões e críticas construtivas? Comentários abertos para isso e muito mais, só contando com aquela boa dose de bom-senso necessário, né? ;)

 
Literature-se © Todos os direitos reservados :: Ilustração por Prih Mizuh (@pri_mizuh) :: voltar para o topo