10.2.11

Resenha: A Pirâmide Vermelha

A Pirâmide Vermelha, escrito por Rick Riordan.

  • Editora: Intrínseca
  • ISBN: 9788598078977
  • Páginas: 445



Desde a morte de sua mãe, Carter e Sadie viveram perto de estranhos. Enquanto Sadie viveu com os avós, em Londres, seu irmão viajava pelo mundo com seu pai, o egiptólogo brilhante, Dr. Julius Kane.

Uma noite, o Dr. Kane traz os irmãos juntos para uma experiência de “pesquisa” no Museu Britânico, onde ele espera para acertar as coisas para sua família. Ao contrário, ele liberta o deus egípcio Set, que expulsa-lo ao esquecimento e forças das crianças a fugir para salvar suas vidas.

Logo, Sadie e Carter descobre que os deuses do Egito estão acordando e, o pior deles – Set – tem a sua visão sobre o Kanes. Para detê-lo, os irmãos embarcam em uma perigosa viagem em todo o mundo – uma busca que traz os cada vez mais perto da verdade sobre sua família e seus vínculos com uma ordem secreta que existiu desde o tempo dos faraós.


Como começar essa resenha? Creio que seja uma de nível difícil (não, hiper hard mesmo haha) de se fazer, pois se trata de um livro em que eu depositei muita esperança; é criação de um autor que TANTO gosto. Mas sempre temos decepções, certo?


Não que eu tenha ficado 100% iludida com a ideia de ter em mãos outra fantástica estória de aventuras, como acontece com a série Percy Jackson, também escrita por Riordan (e que tem seu primeiro volume adaptado para um #epicfail longa, denominado Percy Jackson e O Ladrão de Raios). Eu depositei uma esperança, mas depois da catástrofe que foi Fallen, aprendi a esperar menos de livros que possuem uma divulgação em massa por parte da editora. 


Mas indo direto ao ponto, o primeiro volume das crônicas dos Kane deixou a desejar. Se há aventuras? Com certeza, é a marca registrada de Riordan, mas dessa vez ele perdeu um pouco de sua criatividade. Romance? Está aí um ponto positivo do livro: já sabemos dos romances assim que há os primeiros encontros, situação que o autor escasseou em Percy Jackson até o quarto livro (de uma sequência de cinco!). Os pares românticos são muito fofos, e nada meloso ou explícito, somente o essencial para dar um toque "mágico" à estória. Os deuses? Ótimos, apesar de preferir os do Olímpo. Os personagens, em si? Muito bem desenvolvidos. Todos possuem fortes traços definidos, e não tem como não gostar até mesmo do vilão, Set.


Carter e Sadie Kane são irmãos e órfãos de mãe. E separados. A guarda de Sadie foi dada aos avós e a de Carter, ao pai, Julius, que é um arqueólogo viajante e cheio de mistérios, até mesmo para com Carter. Julius e Carter só possuem autorização para visitar Sadie duas vezes por ano, e é em uma dessas visitas que tudo começa a se desenrolar, e o mistério do pai, a se desvendar. Julius decide levá-los a nada mais, nada menos, que o British Museum, para desgosto de Sadie, que pensa com seus botões algo como "ele tem apenas dois dias anuais para passar comigo e escolhe uma visita a MAIS um museu?". Mas lá Julius explode um artefato egípcio importantíssimo e libera deuses que não deveriam ser libertados. Simplesmente porque a Casa da Vida não permite a permanência de deuses na Terra, apenas no Duat. Vamos por partes, como já dizia Jack... A Casa da Vida é constituída pelos magos humanos, e eles são contra os deuses, por assim dizer. Já Duat, é um mundo além do nosso, onde todos os seres mágicos (e principalmente os deuses egípcios), coexistem. 


E um dos deuses liberados foi Set, o vilão da estória, deus do fogo, do deserto e da desordem. Set aprisiona Julius no caixão de Osíris, seu arqui-inimigo, e é com o objetivo de resgatá-lo que Carter e Sadie vão em busca de um jeito de derrotar Set, passando por lugares incríveis, como Paris, Cairo e Washington. Nessa jornada, eles conhecem os principais magos da Casa da Vida, assim como têm que fugir deles, muitos deuses perigosos, seu tio Amós (que é o causador de muita dor de cabeça), uma gatinha de deusa (haha trocadilho), entre muitos outros outros seres da mitologia egípcia. 


Um grande ponto negativo do livro é a sua duração. É longo demais, e sinto que muitas partes poderiam ter sido evitadas. Ficou cansativa e, em muitas passagens, desanimei a ler. Demorei um bom tempo para concluir a leitura, o que já demonstra o quão cansativa foi.


A narrativa é em primeira pessoa, variando de irmão para irmão, ora Carter, ora Sadie. E isso rendeu altas risadas, pois as brigas entre os dois são constantes e muitas delas, narradas por eles próprios. 


Tirando esses aspectos, a diagramação é linda. A fonte, a arte da capa e o material são realmente ótimos!


Quotes
Então não se pode morar em Manhatta? - disparou.
Amós franziu a testa e olhou para o Empire State.
- Manhattan tem outros problemas. Outros deuses. É melhor mantermos tudo separado.
- Outros o quê? - reagiu Sadie.
- Nada.

Referência à Percy Jackson.



- A verdade é cruel - Anúbis falou. - Espíritos chegam ao Salão do Julgamento o tempo todo e não conseguem desistir de suas mentiras. Negam seus erros, seus sentimentos reais, seus defeitos... mentem até Ammit devorar suas almas por toda a eternidade. É precisa força e coragem para reconhecer a verdade.

28 comentários:

  1. Aii, o Rick é o melhor, né! To louca pra ler A Pirâmide Vermelha, mas seilá, tenho medo de gostar mais do que de PJ, mas acho meio impossivel né, rs. Ai morri com o quote citando PJ! Ah, pena que você disse que não tem tanta ação... Mas vamos esperar os próximos livros né. Ah, e pelo menos tem mais romance... Fiquei com muita raiva em PJ pelo Percy e a Annabeth só terem ficado juntos mesmo no ultimo livro :(

    Luiza,
    Express Coffee

    ResponderExcluir
  2. Primeira resenha de livro que leio sua
    não gosto de ficar lendo, pq não gosto de spoiler
    acabei não lendo o finalzinho
    Nunca li nenhum livro desse autor, está na lista mas vou pegar só na biblioteca.

    ResponderExcluir
  3. Nossa, nem me fale de Fallen. Eu tava quase vendendo os rins pra comprar ele. Na Bienal nos dois dias que fui tava esgotado cara! E quando finalmente consegui quis morrer. Decepção é pouco ¬¬

    Mas, ENFIM, haha, cara eu li tão pouco que nem cheguei na parte do "romance", fiquei curiosa agora!
    Eu meio que me cansei dele pelo motivo que você comentou, tem informação demais, é uma lenga lenga sem fim, várias coisas desnecessárias que só deixam o livro maior!
    Mas, ainda vou ler ele, sou brasileira e não desisto nunca, haha.

    Adorei a resenha, acho que foi uma das pouquíssimas negativas que eu li. E assim pude ver que não fui só eu que vi uns pontos fails!

    Aaah sobre o seu comentário lá no blog EPICFAIL eu ter errado o seu curso HAHA, mas acho que valeu a intensão, eu fico tããão feliz quando as pessoas passam no vestibular, é tão bom *-*
    E curtiu os lancezinhos em preto e branco no vídeo né, haha, eu achei super bem bolado, vi num vídeo de uma gringa no youtube HAHA, pode roubar quanto mais quiser :DDD

    E o vídeo da minha estante ainda vou fazer, vou arranjar um jeito, ou um outro par de mãos talvez HAHAHA.

    Beijão, Gats *-*

    ResponderExcluir
  4. nunca li esse livro mais só vejo coisas boas sobre ele .

    Abraço Layo Silva

    blogueiroleitor.blogspot.com

    ResponderExcluir
  5. eu adorei esse livro, ele é ótimo e foi um dos melhores que li em 2010. ^^

    beijos.

    ResponderExcluir
  6. Adorei sei blog. :)
    Quero muito ler Rick Riordan, nunca li nada dele acredita?? rsrs Quero muito a serie Percy Jackson, está na minha WishList

    Beijos

    chabiscoitoseumlivro.blogspot.com

    ResponderExcluir
  7. Bá, to lendo esse livro, to achando super legal!
    Os dois brigando é engraçado, gostei da narração!

    Bjus
    Gisele
    http://dicasdelivrosefilmes.blogspot.com/

    Olha só, tem sorteio no meu blog do livro A Batalha do Apocalipse, participa!!!

    ResponderExcluir
  8. É até bom saber já as partes negativas, porque eu quero muito ler esse livro e não quero lançar minhas expectativas lá nas alturas.
    Ótima resenha!

    xx

    ResponderExcluir
  9. ah que pena que você se decepcionou um pouco com o Rick Riordan nesse livro. Mas acho que deve ser dificil superar Percy Jackson de qualquer maneira :p adorei sua resenha, aliás gosto de todas porque são muito completas e sinceras. Também fiquei meio assim de ler esse livro, tanto que venho passando alguns na frente. Mas quero ler também, afinal mitologia egipcia também é fantástica :D
    Beijo querida!

    Carine
    okaycult.blogspot.com

    ResponderExcluir
  10. Por que diachos as pessoas acharam que Fallen seria legal? rsrs. Só pela sinopse eu desanimei de ler e fui buscar outro livro.

    Acreditem se quiser, eu nunca li Riordan. Primeiro por preconceito, as pessoas falavam muito sobre o "novo Harry Potter" e eu não acreditava nisso. Depois que eu larguei essa besteira de preconceito de lado e resolvi ler um livro dele, nunca mais achei!

    Mas agora ja sei que devo começar pelo Percy Jackson ao invés de a piramide vermelha.

    ResponderExcluir
  11. Eu li esse livro e simplismente AMEI! Adoro os livros do rick riordan! Não vejo a hora que saia o segundo livro da saga dos Kane e o primeiro livro dos Heróis do Olimpo. Sou apaixonada por mitologia greco-romana e egípcia :D

    Acabei de inaugurar meu blog e gostaria muito que você fosse lá dizer o que achou.
    Obrigada,

    ResponderExcluir
  12. Acho que é a primeira resenha mais negativa que li. Não negativa, mas que não amou taaanto. Eu ainda to lendo PJ, só vou comprar depois que acabar.

    ResponderExcluir
  13. Nossa eu AMEI esse livro! Tipo,de paixão! Acho que é pela GRANDE queda pelo Egito, mas o livro me encantou, a escrita do Rick, tipo ele me surpreendeu MUITO! Acho que você é a primeira pessoa que eu vi que não gostou tanto do livro. Adorei a referencia que ele fez com Percy Jackson, pra deixar claro que os outros deuses também existem!
    Beijos,K.
    Girl Spoiled

    ResponderExcluir
  14. Oi Mellory, ainda não li esse primeiro livro da nova serie de Riordan, mas já sou fã desse cara porque ele foi fantástico em Percy Jackson. Eu adorei a serie toda, com algumas ressalvas é claro.

    Xero.

    ResponderExcluir
  15. Particularmente eu gostei muito desse livro. Sou suspeita a falar de Rick Riordan, Mas tudo bem que teve coisas parecidas com PJ e pá, ainda assim achei a Piramide Vermelha muito legal. Só não gostei de Carter, o resto dos personagens são muito bons e as melhores partes eram entre Anubis e Sadie UKHSDKUHS Sua resenha foi bem sincera, é assim que gosto haha

    World of Carol Espilotro x

    ResponderExcluir
  16. Eu ainda não li nenhum Rick Riordan... a série Percy Jackson até tenho vontade, mas esse não u.u

    ResponderExcluir
  17. Tô doida pra ler Percy Jackson, mas vai demorar um pouquinho por conta de outros livros que já comprei, hahaha. Mas confesso que a temática desse não tem o mesmo efeito sobre mim, rs. Apesar disso, achei a resenha bem legal.

    Te adicionei aqui.

    Beijinhos!
    http://felizvrosparasempre.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  18. Adorei a resenha ...
    Eu queria ler,só que sei lá,nao tenho "confiança" no Rick.
    PJ ainda não li,o filme não me deu vontade,sacomé né?!
    Enfim,voce escreve super bem e adorei.
    Parabéns pelos 1000 seguidores.

    Beijos,
    Débora M. -
    Give Poison

    ResponderExcluir
  19. Mellory, indiquei um meme que fiz, para você responder.
    http://migre.me/3RMn1

    Beijo! (:

    ResponderExcluir
  20. Oi Mellory!
    O que eu menos gostei desse livro foi a troca de narradores, achei confuso. Tinha vezes em que eu parava de ler e procurava o narrador no topo da página.
    Beijos

    ResponderExcluir
  21. Oi Mel!
    Eu li muitas resenhas sobre ele e todas apaixonadas no livro... Gostei de ver outro ponto de vista sobre a história. Mas acredita que eu olho, olho pro livro e não tenho a mínima vontade de ler? "/ Pois é, acho que esse vou deixar passar, pelo menos por agora.

    beijo

    ResponderExcluir
  22. Ai Mell, agora você me deixou confusa!! Como você mesma tinha me indicado a série do PJ, resolvi que ia comprar. Mas como já lançaram "A pirâmide vermelha", outra saga, outra mitologia, estava pensando em começar por ela pra ver como é a essência do Rick Riordan, mas acho que se eu fizer isso, perigoso desistir.
    :x
    Não gosto de livros que ficam enrolando, criando cenas que nem são necessárias, sabe? Talvez eu deva começar com PJ mesmo, né??

    Beijos!
    xoxo

    ResponderExcluir
  23. Oi Mel
    Eu amei a saga Percy Jackson
    Mas não sei se estou pronta para outra não, Pirâmide Vermelha parece me cansar! #fato
    Quem sabe ainda não honro o Rick Riordan (que é ótimo de imaginação) e não me rendo.

    Beijokas (tava sumida e acabo vendo que seu blog está mais lindo ainda!)

    ResponderExcluir
  24. Olá Mell! Já me decepcionei também com alguns livros. Fallen tenho faz um tempo e ainda nem me animei a ler, porque foi muito criticado. E pelo que li, é muito devagar. Sobre Kane, não sei quando vou ler, porque tenho todos do Percy pela frente, menos o Ladrão de Raios, que já li. Mas tenho curiosidade sim, porque adoro o Egito. E tomara que não façam um filme tão ruim como o do PJ, porque foi a pior adaptação que já vi até hoje.

    Beijos!
    @nine_stecanella
    http://janinestecanella.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  25. Quero muito ler.
    Enrolação realmente tira pontos em um livro, coisas desnecessárias também. Mas ainda assim quero ler para tirar minha opinião.
    Beijos

    ResponderExcluir
  26. Ah, Mell, você perguntou sobre a "caixinha de comentários", eu não sei colocar ela no blog não, já veio com o layout :P
    Beijos,K.
    Girl Spoiled

    ResponderExcluir
  27. Own só 6??.. mais uma que não gostou muito da Piramide Vermelha.. eu não entendo isso. Ta, ok, tudo bem, eu não cai de amores pelo livro, como foi com Percy Jackson, mas acho que é por que eu já sabia o que esperar, em termos e PJ foi totalmente novo! Quanto aos Kane, eu já imaginava o que viria por aí..
    Mas considerando o fato de que eu amo mitologia grega e conheço muito do assunto, e não sei nada da egipcia, a história dos Kane foi mais surpreendente pra mim.. eu ficava muito irritada com o Percy por não perceber as coisas, não entender de cara o que estava acontecendo, ou o que diabos era algum bicho.. já com os Kane foi diferente.. por que eu estava ainda mais perdida do que eles! LOL.
    Mas, ainda acho Percy, Annabeth e Grover mais carismáticos do que os Kane..Gostei mesmo da Bastet e do Anúbis *-*
    Não achei a história cansativa e fiquei triste quando acabou, acredita? rs
    Ah, tu "quotou" aquela referência a PJ&O, eu também pus ela na minha resenha, ri litros quando li aquilo! kkk

    Ah, e eu estou lendo Fallen. 3 palavras: simpático, bonitinho, mas decepcionante. Podia ter sido muito melhor do que foi..

    ;**

    ResponderExcluir
  28. Nossas opiniões são bastante diferentes.
    Eu dei nota máxima pra esse livro do Rick. Acho que sempre acabaria com nota máxima, já que amo o fato de ele me fazer gostar de assuntos os quais nunca antes havia feito a mínima diferença pra mim. O fato mesmo é que odeio história, principalmente antiga, e, depois que li PJ e A Pirâmide Vermelha, acabei me interessando por Mitologia (tanto grega quanto egípcia).
    Enfim, acho que é isso.
    E te indiquei a um desafio lá no blog: http://babilorentz.com/?p=1308
    Beijão!

    ResponderExcluir

Obrigado por visitar e comentar no Literature-se.
Assim que puder, visitarei o seu blog. Caso não tenha um, deixe twitter, Facebook ou e-mail para que eu possa respondê-lo :)
Dicas, sugestões e críticas construtivas? Comentários abertos para isso e muito mais, só contando com aquela boa dose de bom-senso necessário, né? ;)

 
Literature-se © Todos os direitos reservados :: Ilustração por Prih Mizuh (@pri_mizuh) :: voltar para o topo