resenha 1

resenha 1
Ensaio sobre a cegueira Saramago

resenha 2

resenha 2
Uma duas Eliane Brum

resenha 3

resenha 3
ao farol virgínia woolf

resenha 4

resenha 4
mulheres de cinzas mia couto

resenha 5

resenha 5
Extraordinário Luandino Vieira

resenha 6

resenha 6
Luuanda Luandino Vieira
27.2.11

Binno OXZ e o Clã de Prata, de Fábio Henckel.
  • Editora: Novo Século
  • ISBN: 9788576791577
  • Página: 334
O caos ecológico complicou a vida de todo mundo. Calotas polares derreteram e a humanidade se viu embaixo d'água. A humanidade se uniu. Cidades submersas foram construídas. Todos se uniram em uma Aliança e assim se restabeleceu a paz, o cinema com pipoca e os esportes radicais.
Binno OXZ é um garoto que vive em um internato para clones (!!!) e segue sua rotina cansativa cumprindo tarefas sem-sentido. Na esperança de viver algo especial, usa suas habilidades incomuns com computadores e cria um software de inteligência artificial (I.A.) para burlar o sistema de um jogo. Acontece que este software foge do controle de Binno e passa a colaborar com os planos de um rebelde que se auto-proclama Imperador.
Acusado de ser comparsa do grande traidor, Binno recebe uma chance para demonstrar suas boas intenções para com a Aliança. O juiz determina que Binno deverá se classificar para a Universidade Maior através da prova mais disputada do universo: a Prova Maior.
E é durante a preparação para esta prova que o garoto conhece sujeitos como Orion Sirineu, soturno guarda-costas com a altura de três homens; Spike Spy, o último dos piratas; a genial Anay e suas invenções mirabolantes; Gabriah Obé, o mais ágil nos games virtuais; Kira Bellah, temperamental patinadora do palácio e dezenas de personagens malucos que desafiam o senso comum.
Mas Binno sabe que a Prova Maior é apenas um dos desafios que terá pela frente. Enquanto a Aliança luta para neutralizar as ofensivas do exército rebelde, Binno terá que enfrentar seu I.A. e provar à criatura que ela não mais forte que o criador.


Já na sinopse da contra-capa do livro, me deparei com a seguinte frase: "...Ficou curioso? Temos uma má notícia: essa curiosidade vai continuar até a última página". Quando li pela primeira vez, pensei que não passava de uma hipérbole. Mas eu estava redondamente enganada; as surpresas contidas na estória deste livro são tantas, que posso afirmar, sem hesitar, que é o livro que mais me surpreendeu. A estória é muito bem criada, simplesmente espetacular!

O livro conta a estória de Binno OXZ, um garoto aparentemente órfão que vive num colégio interno, por assim dizer, muito rígido e controlador. O colégio é comandado por um IA, um maldoso programa da computador. Junto com a inspetora Valquíria e seus comparsas aplicadores dos "corretivos" para aqueles que desobedecem as regras, formam o grupo de quem Binno mais odeia - até aquele momento. 

Quando Binno e seu arqui-inimigo Gabriel, um garoto arrogante e colega de internato, são colocados de castigo, aparecem representantes do governador para buscá-lo. Ele nada entende. Aliás, ficaria um bom tempo sem entender o que estava acontecendo. Como disse, as surpresas duram até o final do livro, e não é só para nós, leitores, mas também para Binno. O garoto nunca havia saido do internato antes, até quando se vê perseguido por um grupo muito estranho de motoqueiros que querem matá-lo. Aí, entra em cena um sujeito muito grande para resgatá-lo. Forte e amedrontador, esse grandalhão que se diz chamar Orion, despista os motoqueiros e leva Binno até um reino em que ele nunca havia sonhado em estar: no Grande Oceano, diretamente para a Cidade Original. E é no Palácio da Aliança Maior que Orion o leva, o mais importante submarino do reino, onde se encontram as pessoas de maiores poderes: os graduados, os mestres e, por fim, mas não menos importante, os doutores, detentores dos maiores poderes do Grande Oceano.

Lá, ele é preso e logo levado ao tubo de desoxigenação, lugar onde fica enquanto é julgado pelo circulo dos poderosos (graduados, mestres e doutores). Só que há um detalhe importantíssimo: nesse tubo lhe é tirado todo o oxigênio, então Binno vai morrendo enquanto não lhe é declarado inocente. Mas qual é a acusação? É nesse momento em que o garoto tem noção do quanto é odiado pela população daquele reino: a maioria do circulo pensa que ele é um vilão, pois criou o IA mais maldoso de todos os tempos. Realmente, ele o criou, mas não o fez para causar mal a ninguém, apenas o criou num jogo de RPG para se distrair do inferno a que era submetido lá no internato. Infelizmente, lhe foi passado em sonho todo o código do IA Xenon, e ele caiu na armadilha. Binno é um dos maiores gênios da informática que já existiu, e esse seu dom já era conhecido por todos do Grande Reino. Mas seria necessário provar que não é um clone, criaturas sem personalidade, que vivem, ora onde, no internato. Todos pensam que ele é um clone defeituoso. Todos, menos Orion, que na realidade é um graduado, e ítalo Bellah, um dos maiores doutores do circulo.

Depois de uma quase-morte no tubo, Binno terá que provar de que não é um clone defeituoso, e é nessa situação que começa seu curso no Pré-maior, o qual o prepara para uma prova que dirá se ele é ou não é um clone, pois somente seres originais conseguem passar. Durante toda a sua estadia no Palácio, Binno conhece pessoas muito importantes para ele, como Kira, a filha de Ítalo Bellah que é muito durona, Gabriah, o estagiário da cozinha muito pretensioso, Madame Anay, uma inventora cheia de personalidade e genialidade e um príncipe de um povo muito pequenino, os mimm, que é, ao mesmo tempo, esnobe e muito digno.

Acredito que a personalidade dos personagens da estória é o maior ponto positivo. Fábio Henckel soube criar seres extremamente originais. Cada um possui uma característica adorável e contrastante, o que torna todos incríveis, até mesmo os vilões. Não tem como não se apaixonar pelos personagens criados por Fábio Henckel. Além disso, o autor nomeou alguns personagens de um modo muito significativo, sendo possível notar citações de pessoas muito importantes, como acontece com os instrutores chamados Oswald de Assis e Thereza Sigmund (entenderam a essência? haha). Outro ponto adorável é que Henckel descreveu uma culinária de dar água na boca; são tantas loucuras gastronômicas, que  apesar de parecerem estranhos para nós, ainda assim nos deixa com vontade de experimentar, como o leite-de-baleias, flocos de mariscos, escamas-de-chocolate, e muitos outros pratos que são deliciosamente descritos.

Ambientalizada num universo tecnologicamente super desenvolvido, a estória é narrada em um ano muito à frente, onde é mais fácil viver debaixo d'água do que na superfície da terra, onde as águas superficiais do oceano são super ácidas e a temperatura ultrapassa os 45 graus célsius. É uma mistura de ficção científica, muita ação e um pequenino toque de romance (bem pequeno mesmo). Aliás, acho que o único desapontamento que tive com o livro foi imaginar Binno com uma pessoa e, no fim, acontecer de ele se envolver com outra (e não pense que ele se envolve se um jeito espetacular). Fiquei confusa, pois em muitos momentos a leitura nos remete à um possível sentimento entre Binno e a pessoa com quem pensei que ele fosse ficar, por isso surgiu a ideia em minha cabeça.

Ao mesmo tempo em que Binno OXZ tem que provar a sua originalidade, também tem que deter sua maior criação, o IA Xenon, e seu exército de IAs rebelados. Aconselho a se preparar para muita emoção, ação e surpresas!

A capa do livro é demais e super significativa. Só a entendi depois de ter lido o livro, e aí você também terá que ler para entender essa capa que todos gostam de comentar (e de colocar os dedos nos furos haha).

Parabéns ao Fábio Henckel por criar uma estória tão envolvente e inusitada! Binno OXZ e o Clã de Prata nos prende até sua última palavra, e é repleto de criatividade. Sem dúvidas, um dos melhores livros nacionais que já li.

Quotes


A lógica diz, a perfeição é impossível. Um ser perfeito é uma contradição lógica. Afinal, alguém sem defeitos é confiante. O excesso de confiança tras a arrogância, a auto-suficiência e a pretensão. Alguém pretensioso se torna relapso e descuidado.



Para você, a prova não era um desejo, era uma obrigação. - O juiz ajeitou sua gravata amarela e cochichou: - Entenda Binno, você pode tudo o que quiser. Mas tem que querer de verdade.


(Minha nota para o livro está no post-it roxo ali em cima, no lado direito.)
continue lendo »
25.2.11

Pensam que os lançamentos acabaram por aí? Venho com mais ótimas notícias para vocês! Dessa vez, apresento-lhes dois lançamentos da editora Suma de Letras que estão agitando toda a blogosfera! E querem uma novidade antes das que interessam? A editora Suma de Letras é a nova parceria do Croissant Parisiense! Não é demais? Espero que essa parceria seja ótima para todos os envolvidos ;D

continue lendo »
23.2.11

Vocês conhecem a editora Casa da Palavra? Não? Então essa é uma ótima oportunidade para conhecer o novo lançamento dela!
Leo e as Caixas de Música é o primeiro volume da série Trilhas, Uma Viagem Musical e mistura uma estória de muito rock n' roll. Se você é apaixonado pelo gênero, não poderá perder essa chance que promete uma deliciosa leitura!
  • Autor: Ricardo Prado
  • ISBN: 9788577341351
  • Páginas: 168

Misto de Harry Potter com O mundo de sofia, a série de livros Trilhas: uma viagem musical promete ser o novo hit do público pré-adolescente. No primeiro livro da série, os leitores são apresentados ao Leo, um típico adolescente que se vê “abandonado” pelos pais, que vão morar no exterior e o deixam no Brasil com a avó.
Numa típica crise de revolta contra a tirania do pai e a passividade da mãe, Leo acaba salvo do tédio e da solidão pela música, que passa a compartilhar com os amigos e a avó, uma surpreendente roqueira.


Em “Leo e as Caixas de Músicas”, acompanhamos seu protagonista em um momento de profundas mudanças em sua vida: seus pais se mudaram para o exterior e por alguns tempos ele terá que morar com a sua avó. E como se não bastasse tudo isso, Leo ainda está encarando a transição entre a infância e adolescência.
Quem o ajuda a passar por essa fase turbulenta é sua avó Helena. Ela entrega ao neto a velha coleção de LPs do seu pai, montada ao longo das décadas de 60 e 70. As caixas, cheias de discos, músicas e histórias, são o passaporte para que Leo adentre no mundo do rock & roll. 
Leo começa um mergulho no rock e leva seus amigos junto nessa viagem. Eles criam a Confraria da Ponte, um grupo unido pelo amor à música.
Enquanto Leo conhece a evolução do ritmo junto com seus amigos, ele tem seu primeiro contato com a maturidade, vivenciando valores como a amizade, amor e a perda.

continue lendo »
21.2.11

Diário de Uma Paixão, de Nicholas Sparks.
  • Editora: Novo Conceito
  • ISBN: 9788563219206
  • Páginas: 242

"Não sou nada especial; disso estou certo. Sou um homem comum, com pensamentos comuns, e vivi uma vida comum. Não há monumentos dedicados a mim e o meu nome em breve será esquecido, mas amei outra pessoa com toda a minha alma e coração e, para mim, isso sempre bastou." - Noah Calhoun 
Assim tem início uma das mais emocionantes e intensas histórias de amor que você lerá na vida... O livro é o retrato de uma relação rara e bela, que resistiu ao teste do tempo e das circunstâncias. Com um encanto que raramente é encontrado na literatura atual, O Diário de uma Paixão de Nicholas Sparks, o consagra como um contador de histórias clássicas, com uma perspectiva excepcional sobre a mais importante e única emoção que nos mantém. Com mais de 12 milhões de cópias vendidas, o livro que emocionou as pessoas ao redor do mundo, foi traduzido para mais de 20 línguas.

Diário de Uma Paixão é mais uma excelente estória escrita por Nicholas Sparks. Sem dúvidas, ele é o meu autor preferido de romance. Somente ele consegue despertar em mim emoções que só pensei que teria quando fosse mais velha. Mais uma vez, Sparks conseguiu me ensinar lições de amor tocantes e me transmitir  uma gama genuinamente bela de delicados sentimentos. Se eu tivesse a coragem de descrever em poucas palavras a escrita de Sparks, seria dizendo que ele é como um grande professor, e que sua matéria é a do cotidiano e ele nos mostra como devemos nos comportar diante dos sentimentos alheios e até os nossos próprios.

O livro nos conta a estória de Noah e Allie, cujo destino tratou de uni-los mais uma vez depois de 14 anos separados. Conheceram-se numa férias de verão, e rapidamente se apaixonaram perdidamente um pelo outro. Mas havia um empecilho que dificultou tudo para os jovens: a classe social de Noah. Noah, um jovem de 17 anos, educado e honesto, mas de classe social pobre. E Allie, a linda e bem educada filha de ricas figuras da alta sociedade da época. E é com a partida de Allison que o contato se perde. Mas quem disse que os dois conseguiriam esquecer o que viveram naquele verão?

Durante um ano, Noah envia cartas para sua paixão, mas nunca obteve resposta. Até que, num certo momento, optou por tentar esquecê-la. Ele vai para a guerra, e Allie acaba criando laços na sociedade onde vive.  E é depois de alguns anos que ele se surpreende quando vê Allison estacionando em sua garagem. O que aquele reencontro significaria para os dois? Será que eles voltariam a reviver aquela paixão eloquente? Ou a vida complicou tudo para eles? Mas não é aí que a estória termina, muito menos onde a emoção acaba. E certamente há muitos outros belos ensinamentos para nos passar. 

Ultrapassada algumas barreiras, diante do óbvio Allie tem que decidir entre o amor de sua vida, que só tem a paixão e memórias encantadoras para lhe dar, e Lon, um rico advogado com quem está noiva e quem seus pais aprovam mais do que tudo. Ela narra toda a sua escolha de um modo terno, e não conseguimos julgá-la sem entender alguns de seus motivos, nem a mais crítica pessoa quanto à traição (eu, oi haha.) Talvez esse seja o momento do livro em que mais me surpreendi, mas quanto ao resto dá para ter o seu palpite, e Nicholas Sparks é o único que não faz disso algo péssimo para um livro.

Noah é o narrador mais presente durante o livro, ora narrando quando adulto, ora narrando quando idoso. E é tudo muito emocionante o que ele tem para nos dizer em relação ao seu relacionamento com Allie. Os momentos que mais me fizeram verter lágrimas foi quando ele narrou quando velho (só posso dizer isso, pois estou evitando spoilers.) O fato de eu pouco ter lido livros com um narrador em primeira pessoa sendo idoso, é muito esclarecedor: para alguém que ama ensinamentos (acho que todo mundo já percebeu o quanto eu amo livros que nos passam mensagens para uma vida inteira haha), esse é um excelente gênero.

A diagramação é a habitual dos livros do Sparks já publicados pela editora Novo Conceito. Eu adoro o material por eles usados, e diferentemente de muitas pessoas que amam a versão cinematográfica da estória, eu não prefiro a capa do filme. Achei essa capa do livro muito boa também, os modelos são bem delicados e transmitem uma emoção genuína, além de ser muito bonita a casa. Outro ponto positivo é a revisão, pois não achei erro ortográfico algum.
(Minha nota para o livro está no post-it roxo ali em cima, no lado direito.)

Quotes

O amigo disse simplesmente: "O meu pai me contava que a primeira vez que a pessoa se apaixona muda a vida dela para sempre, e por mais que você tente, o sentimento nunca desaparece. Essa garota de quem você me falou foi o seu primeiro amor. E não importa o que você faça, ela vai ficar com você para sempre".


Mas também sentia que para ela não bastava. Queria outra coisa, algo diferente, algo mais. Paixão e romance, talvez, ou quem sabe conversas tranquilas em salas iluminadas à luz de velas, ou, talvez, algo simples como não ficar em segundo plano.


Os jovens irrequietos e impacientes, têm sempre de quebrar o silêncio. É um desperdício, porque o silêncio é puro. O silêncio é sagrado. Ele aproxima as pessoas, porque só quem se sente confortável ao lado de outra pessoa pode ficar sentado sem falar. Esse é o grande paradoxo.


Eu aprendi o que para uma criança é óbvio. Que a vida é simplesmente uma coleção de pequenas vidas, cada uma vivida um dia de cada vez. Aprendi que devemos viver cada dia encontrando beleza nas flores e na poesia e conversando com os bichos. Que não há nada melhor do que um dia com sonhos, pores do sol e brisas refrescantes.

Como qualquer filme baseado nas obras de Nicholas Sparks, não posso sequer comparar a beleza que se faz destacar nos originais (os livros.) Acho que a maioria dos leitores assíduos irá concordar comigo. Querido John foi uma decepção, assim como A Última Música, e Noites de Tormenta nem consegui terminar de assistir.

Mas Diários de Uma Paixão é diferente. Eu amei esse filme, o achei tocante tanto quanto o livro. Mas de uma forma diferente, como já disse. Com cenários lindos e uma trilha sonora calma e envolvente, o filme te remete ao passado dos jovens e como se conheceram. Também nos mostra vários outros aspectos do relacionamento entre Noah e Allie, como o verão juntos, várias brigas, momentos de romantismo, e até mesmo outros personagens são incluídos no longa.


Os personagens não poderiam ser melhores. Allie é interpretada pela linda Rachel McAdams, e é a personagem da qual mais gostei da atriz escolhida. McAdams possui uma delicadeza e simpatia que nos faz mesmo lembrar da Allie do livro. Já Ryan Gosling me conquistou com seu jeito carinhoso e envolvente. Não tem como não se apaixonar. E juntos, os atores fazem uma dupla sensacional, ótima para representar o casal de jovens apaixonados. A química e a física aqui foram incríveis! A grande diferença nos personagens é a espontaneidade de ambos. Achei que o casal Noah e Allie são mais extrovertidos e bom, bem mais divertidos e malucos que no livro. Mas nada supera James Marsden, que interpreta Lon, o noivo de Allie. As minhas expectativas foram sobrepujadas quando o personagem dele apareceu pela primeira vez no filme.



Falando o que muitas pessoas sempre destacam ao comparar as obras, o final é modificado. É um doce, para falar a verdade. Não gosto, mas também não deixo de gostar. É uma adaptação necessária, assim como muitos filmes baseados em livros tiveram um fim diferente. Foi uma forma simples e suave de se concluir a estória de Noah e Allie, mas vocês terão que assistir ao filme para descobrir HAHA
Nota para o filme: 7
continue lendo »
19.2.11

A editora Intrínseca divulgou ótimas novidades nessa última semana. Para quem sempre leu maravilhas sobre o livro I'm Number Four, assistiu extasiada aos trailers do filme baseado no livro e se apaixonou pela estória (mas que não tem tempo para ler o livro em inglês), a notícia de que o livro será traduzido e publicado no dia 14 de Março desse ano, foi de provocar histeria. A capa já foi divulgada e, apesar de não ser a mesma da americana, continua linda (principalmente pelo maravilhoso ator Alex Pettyfer, que irá interpretar a personagem principal da estória! haha)

Título: Eu Sou o Número Quatro
Autor: Pittacus Lore
Editora: Intrínseca 
Lançamento: 14/03/11



Nove bebês aliens estão se escondendo entre os seres humanos, eles fugiram de seu planeta natal, Lorien, para se esconder na Terra. Uma espécie invasora, os Mogadorians, destruíram seu planeta, e seguiram eles a Terra para caçá-los. Cada um dos nove aliens é dado a um tutor para desenvolver seus poderes sobre-humanos enquanto se tornam adultos e lhes são atribuídos números. Estas últimas crianças de Lorien só pode ser mortas na sequência de seus números.


Chama Negra, o quarto volume da série Os Imortais, teve sua capa divulgada. Depois da capa Terra de Sombras, essa é a segunda da série de que mais gosto!

Título: Chama Negra

Autor: Alyson Noel
Editora: Intrínseca 
Lançamento: 24/02/11

Cuidado! A sinopse tem spoilers dos livros anteriores da série.
Sinopse: Enquanto tenta ajudar Haven na transição para a vida imortal e libertar Damen do feitiço que não a permite tocar nele, Ever se aprofunda mais e mais nos mistérios da magia negra. O feitiço, porém, vira contra a feiticeira, e ela se vê presa a seu maior inimigo: Roman. A força estranha e poderosa que toma conta de seu corpo impede que Ever consiga parar de pensar nele e de desejá-lo.
Ela quer resistir à atração incontrolável que a está consumindo. Ele quer se aproveitar desse momento de fraqueza. A ponto de se render, Ever procura a ajuda de Jude, arriscando tudo e todos para salvar a própria vida e seu futuro com Damen…


  • One Day, livro do escritor David Nicholls, será lançado pela editora Intrínseca no dia 09 de Maio desse ano. O filme baseado no livro estreia dia 08 de julho nos EUA e já teve seu primeiro pôster divulgado. [Fonte] O livro foi considerado um dos cem melhores de 2010 pelo NY Times. Lindo o pôster, não? Clique aqui para ler a sinopse do livro.


Já a editora iD divulgou alguns futuros lançamentos incríveis, como o livro que deu origem ao filme A Garota da Capa Vermelha, estrelado por Amanda Seyfried, que lançará aqui no Brasil no dia 21 de Abril.

Título: A Garota da Capa Vermelha
Autores: Sarah Blakley Cartwright e David Leslie Johnson
Editora: iD
Lançamento: 28/02/11


O corpo de uma garota é descoberto em um campo de trigo. Em sua carne mutilada, marcas de garras. O Lobo havia quebrado a paz. Quando Valerie descobre que sua irmã foi assassinada pela lendária criatura, ela acaba mergulhando de forma irreversível em um grande mistério que vem amaldiçoando sua aldeia por gerações. A revelação vem com Father Solomon: o Lobo habita entre eles — o que torna qualquer pessoa do vilarejo suspeita. Estaria Peter, sua paixão secreta desde a infância, envolvido nos ataques? Ou seria Henry, seu noivo, o Lobisomem que assola as redondezas? Ou, talvez, alguém mais próximo? Enquanto todos estão à caça da besta, Valerie recorre à Avó em busca de ajuda; ela dá à neta uma capa vermelha feita à mão e a orienta através da rede de mentiras, intrigas e decepções que vem controlando o vilarejo por muito tempo. Descobrirá Valerie o culpado por trás do lobo antes que toda a aldeia seja exterminada? A Garota da Capa Vermelha é uma nova e arrepiante versão do clássico Conto. Nela, o final feliz poderá ser difícil de ser encontrado.



continue lendo »
17.2.11

2012 - Uma Aventura No Fim do Mundo, por Vanessa Bosso.
  • Editora: Novo Século (selo Novos Talentos da Literatura Brasileira)
  • ISBN: 9788576793274
  • Páginas: 286




No dia 21 de dezembro de 2012, Liz estará tentando sobreviver ao fim do mundo em um abrigo antiapocalipse. Thiago e seus amigos estarão lutando contra tsunamis e continentes sendo deslocados pela movimentação do eixo terrestre. Enquanto o mundo acaba, extraterrestres vêm em auxílio dos escolhidos para que uma nova era possa ser iniciada.



continue lendo »
10.2.11

A Pirâmide Vermelha, escrito por Rick Riordan.

  • Editora: Intrínseca
  • ISBN: 9788598078977
  • Páginas: 445



Desde a morte de sua mãe, Carter e Sadie viveram perto de estranhos. Enquanto Sadie viveu com os avós, em Londres, seu irmão viajava pelo mundo com seu pai, o egiptólogo brilhante, Dr. Julius Kane.

Uma noite, o Dr. Kane traz os irmãos juntos para uma experiência de “pesquisa” no Museu Britânico, onde ele espera para acertar as coisas para sua família. Ao contrário, ele liberta o deus egípcio Set, que expulsa-lo ao esquecimento e forças das crianças a fugir para salvar suas vidas.

Logo, Sadie e Carter descobre que os deuses do Egito estão acordando e, o pior deles – Set – tem a sua visão sobre o Kanes. Para detê-lo, os irmãos embarcam em uma perigosa viagem em todo o mundo – uma busca que traz os cada vez mais perto da verdade sobre sua família e seus vínculos com uma ordem secreta que existiu desde o tempo dos faraós.

continue lendo »
6.2.11

Em primeiro lugar, gostaria de adiantar o post de agradecimento que estou planejando postar por aqui, pois O CROISSANT PARISIENSE É MIL, galere! Isso mesmo, o blog completou 1000 seguidores e eu não poderia estar mais feliz no momento. Obrigado por tudo, por seguirem, participarem e comentarem, até mesmo quem só passa e não deixa sua marca registrada por aqui, eu agradeço de coração! Sem vocês, o blog não é nada! E, ainda, queria agradecer ao carinho que tenho recebido ultimamente - é TÃO bom poder fazer amizades especiais por meio de algo que amo!
E perceberam a mudança de layout? LINDO, não? Foi presente da Rah, colunista do blog das gêmeas Mô e Nick. Um grande beijo pra ela, e obrigado tudo, e por me aguentar, flor!


Quem está de olho no blog sabe que a editora Novo Conceito é uma das parceiras mais antigas do Croissant Parisiense, o que por si só já é uma honra. Ela é famosa por ter publicado vários best-sellers do autor norte-americano Nicholas Sparks, como A Última Música, Querido John, Noites de Tormenta e Diários de Uma Paixão (clique nos títulos para ser redirecionado para as resenhas que fiz dos livros.)
Enfim, é com grande euforia que divulgo uma notícia ótima: a Novo Conceito investiu em livros adolescentes (mais conhecidos como YAs, jovens adultos) e garantiu o direito de publicação de cinco livros muito conhecidos pela blogosfera: A Little Friendly Advice, Same Difference, Not That Kind Of Girl, Star Island e Anna and The French Kiss.
A Tathy, do blog Eu Sou Assim, me comunicou que Anna and The French Kiss deve sair em meados de Maio.

A Little Friendly Advice
Siobhan Vivian


Ruby está fazendo dezesseis anos... Mas o dia não foi tão bom quanto teria de ser. Seu pai desaparecido por tanto tempo aparece, e Ruby não quer saber dele. Em vez disso, ela gostaria de sair com duas amigas: a leal Beth, a perigosa Katherine e a fofoqueira Maria.
Elas têm muitos conselhos para ela - sobre garotos, seu pai, sobre como ela deve parecer e o que ela deveria estar sentindo. Mas na verdade, Ruby não sabe o que pensar e o que sentir. Especialmente quando um novo garoto aparece em sua vida... E Ruby descobre que algumas amigas suas não são tão confiáveis quanto dizem.


continue lendo »
5.2.11

Sobrenatural:
Crescendo (Hush Hush #2) – Becca Fitzpatrick ↔ Editora: Intrínseca
O vampiro secreto (Mundo de sombras #1) –  L. J. Smith ↔ Editora: Galera
▪ Quando cai o raio (Desaparecidos #1) – Meg Cabot ↔ Editora:  Galera Record
▪ Vento Sinistro – Rachel Caine ↔ Editora: Underworld
▪ Os Radley – Matt Haig ↔ Editora: Galera
 Dezesseis Luas (Beautiful Creatures) – Kami Garcia e Margaret Stohl ↔ Editora: Galera
▪ A Vidente – Hannah Howell ↔ Editora: Leya
▪ Amante Revelado (Irmandade da Adaga Negra #4) – J.R. Ward  ↔ Editora: Universo dos Livros
▪ Hex Hall – Rachel Hawkins ↔ Editora: Galera Record
▪ Emily, a Estranha (Dias Perdidos #1) – Rob Reger ↔ Editora: Galera Record
NEW! ▪ A Cruz de Morrigan (Trilogia do Círculo #1) – Nora Roberts ↔ Editora: Bertrand
NEW! ▪ Espera (Os Lobos de Mercy Falls #2) – Maggie Stievfater  Editora: Agir


Supense/Drama:
Impecáveis (Pretty Little Liars #2) – Sara Shepard ↔ Editora: Rocco


Romance:
NEW! ▪ Tim – Colleen McCullough ↔ Editora: Bertrand


Terror:
O Inimigo – Charlie Higson ↔ Editora: Galera


Adolescente:
Como reconquistar seu ex-namorado – Janette Ralisson ↔ Editora: Farol


Lançamentos da editora Pensamento-Cultrix:
▪ Asanas e Parábolas – Zo Newell ↔ Editora: Pensamento
▪ Geometria Sagrada e as Origens da Civilização – Richard Heath ↔ Editora: Pensamento
▪ A Grande Mudança: Como Participar da Criação de um Novo Mundo a Partir de 2012 – Tom Kenyon, Patrícia Cori e Lee Carroll ↔ Editora: Cultrix
▪ Segredos da Serotonina – Dra. Carol Hart ↔ Editora: Cultrix
▪ A História Secreta do Ocidente: A Influência das Organizações Secretas na História Ocidental da Renascença ao Século XX – Nicholas Hagger ↔ Editora: Cultrix


(Clique nos títulos para ser redirecionado à página do livro no Skoob ou na da própria editora)
   
Em Fevereiro, teremos a esperada continuação de Sussurro, mais um livro da diva Meg Cabot, continuações que prometem e lançamentos incríveis de livros internacionais! Alguém aí está ansioso?


Nota: a lista de lançamentos poderá ser modificada a qualquer momento. Para isso, será marcada a modificação. Se quiser acessar a lista mais rapidamente, há uma aba direcionada somente para os lançamentos no menu do blog.
continue lendo »
2.2.11

Mais um Agora que eu tenho, tag aqui no blog onde eu mostro para vocês os livros que "adquiri" desde o último post publicado da tag. Podem ser livros comprados, alugados, cedidos, trocados e até mesmo emprestados! E às vezes poderá aparecer filmes e cds que eu venha a adquirir, também.
Primeiro vídeo de 2011, ehn? Já começando com tudo! E esse é o vídeo mais engraçado que eu já gravei até hoje pro blog ;)







Livros citados:
▪ Comer, rezar e amar - Elizabeth Gilbert
▪ 2012 - Vanessa Bosso
▪ Binno Oxz e o Clã e Prata - Fábio Henckel
▪ Morte e Vida de Charlie St. Cloud - Ben Sherwood
continue lendo »

Olá, leitores! 
Desculpem a demora pra divulgar o resultado do sorteio, mas é que entrei em contato no dia 29/01 com a ganhadora e ela respondeu muito rápido, então me desculpem se deixei de divulgar no dia do sorteio.
Enfim, a garota sortuda da vez foi a...
continue lendo »