26.11.10

Entrevistando Um Autor #5 - A. P. Ribeiro + Sorteio



 Ana Paula Ribeiro, Anni para os íntimos e mais conhecida como A.P. Ribeiro, é uma das mais novas escritoras nacionais. Ela ama escrever desde o ensino médio, trabalha e escreve o tempo inteiro. Estudou em um colégio agrícola e sempre foi caçoada pelo seu sobrenome, o qual nunca revela. É autora do livro Esmera, publicado pela Porto de Ideias (e resenhado aqui no blog), e admitiu que o personagem Dante é baseado em um amigo seu. Além disso, fãs do possível casal Anika e Erick, se preparem: temos aqui uma exclusiva!



1- Quando surgiu a sua paixão pela literatura?
É difícil lembrar, mas acho que desde a primeira vez que ouvi Cinderela já começou o amor. Rolou uma química sabe (hahahhaha)

2- Desde quando você escreve? Lembra-se da primeira história que decidiu escrever? Se sim, conte-nos um pouco sobre ela.
Um livro-diário da vida escolar de uma Nerd. (hahaha) Esse “Frankenstein” literário foi feito no ensino médio. Foram as 50 paginas mais impublicáveis da história da literatura. (hahaha) Mas ainda guardo de lembrança.

3- Em nossas vidas há muitas pessoas que nos influenciam de diversas maneiras. Ainda sobre esse amor por literatura, você coloca a "culpa" (HAHAH) em alguém, talvez algum parente ou amigo(a)?
(hahahaha) Todos são inocentes até que se prove o contrário. Mas a maior “culpada” sempre será minha mãe. Ela me deu meu primeiro livro (um exemplar de um metro e meio de altura da Cinderela). Quando falei que seria escritora ela apenas disse “Ok. O que você precisa para começar?”

4- Atualmente você trabalha, estuda...?
Trabalho, estudo e escrevo nas horas vagas, e nas não vagas também.

5- Sei que quando começou a escrever Esmera, tinha apenas 16 anos. Como surgiu a ideia para escrever o livro?
Primeiro eram muitas historias separadas, de personagens aleatórios. Quando menos percebi, eles combinavam e se juntavam, e formei toda uma historia nova.

6- Adoro perguntar isso, acho que é uma pergunta que se aplica a todos escritores: Você se identifica com alguma personagem que escreveu? Se sim, como você a descreve?
(hahhaahaha) Há muitas características que eu gostaria de ter, por isso sinto inveja deles as vezes, principalmente da Katerine. Mas dentre todos, o que mais me encanta (principalmente pelo que ele vai enfrentar no futuro) é o Pietro. Ele é confuso, perdido e apaixonado. É um personagem que retrata nossas batalhas interiores, entre o certo e o necessário.

7- Como se inspirou para criar Erick e confesse para nós, qual o principal objetivo dele na vida de Anika? *-* 
O Erick tem a personalidade de um garoto que fui apaixonada. Todo mau e orgulhoso. Com certeza que eu ganhei um super fora dele. Mas foi alguém que me inspirou em várias coisas, principalmente em Esmera. E o resto dele ganhou forma aos poucos. Ele é tudo o que a Anika não consegue ser. Mas acho que ela tem mais objetivo na vida dele que o contrário. De alguma forma, eles se completam.
(Extra oficial: ele admite que a ama no segundo livro da história!)

8- Conte-nos sobre o processo de publicação de Esmera.
Uma verdadeira aventura. Acho que é assim para tudo que fazemos pela primeira vez. Quando você decide seguir um caminho, mas não tem ideia do que haverá na frente, parece uma odisséia. O tempo de escrita, a espera pela resposta da editora, toda a incerteza, a vontade incrível de desistir, e a emoção de conseguir no fim. Todos passam pelos mesmos momentos em tudo que fazem na vida. Na escola, no trabalho, no namoro. Aceitar e ultrapassar desafios faz parte da vida.  E eu faria tudo de novo.

9- Qual a sensação de ver Esmera a venda?
Estranhamente, estranho. (hahahahaha) Vê-lo a venda não me chocou tanto quanto ver as pessoas lendo. A sensação ainda é muito nova e boa. Quando recebo um recado, um e-mail ou uma carta dando opiniões ou com as ideias de um leitor, principalmente aquelas que mostram o que querem ver no próximo livro, é como… um pulo de paraquedas. Não tem descrição, é emoção pura. (E uma garota chamada Mell, me mandou um e-mail que foi como pular três vezes seguidas.)

10- Que dicas você daria para as pessoas que estão escrevendo um livro no momento?
Li muitas dessas dicas, e as que mais me marcaram e ainda uso elas o tempo todo, são as Cinco “brocas”.
Primeiro: Seja você mesmo. Não importa se a moda for vampiros, zumbis ou fadinhas assassinas. Escreva sobre o que você gosta, sobre o que te faz sentir bem. Moda vai e vem o tempo todo, e um livro que tem a alma do escritor, que passe uma mensagem ao leitor, fará muito mais diferença do que algo forçado pela moda. Ser original é ser você mesmo.
Segundo: Nunca desista. Não só na literatura ou na escrita. Mas nunca desista de nada. Seja cabeça dura, seja teimoso. Persistência é a linha que separa a possibilidade da conquista.
Terceiro: Um passo de cada vez. Quando aprendemos a andar, vamos devagar; um passo após o outro, até poder correr.(e o mais difícil, descer escadas de costas) Escrever também é isso. Um passo após o outro, sem querer levantar e sair correndo logo na primeira vez. Planejar, reescrever milhões de vezes e mais milhões e milhões de vezes, faz parte da caminhada. Ninguém nasce escrevendo, assim como ninguém nasce correndo.
Quarto: Leia muito. Mas não apenas ler por ler. Leia para absorver, para criticar, encontrar a mensagem que o autor quer passar. E não se retenha apenas ao seu gênero literário. Procure sempre assuntos além do seu “mundo”. Pode aprender algo importante onde menos se espera.
Quinto e ultimo: Escreva, escreva, escreva. Seja um poema, uma frase de efeito, um micro conto ou um bilhete para colar na geladeira. Escreva o máximo que puder. Se cozinhar se aprende cozinhando, desenhar se aprende desenhando e beijar se aprende beijando, escrever não é diferente.

11- Qual o gênero literário que mais gosta de ler? E qual o livro, dentre todos os já publicados no mundo, que é seu preferido (ou se essa for MUITO difícil para você responder, assim como é para mim, qual o melhor que vem à sua cabeça no momento)?
Gosto muito de fantasia, embora romance também entre na lista e logo em seguida o velho e bom suspense. E o melhor livro de todos, foi Harry Potter. Foi um marco na literatura, porque criou uma geração de novos leitores. Além de ser uma historia incrível.

12- Sei que você está escrevendo um YA ultimamente. É um gênero bem diferente do de Esmera. Poderia nos adiantar a história dele, um breve resumo ou até mesmo uma palavrinha? :D
(hahahah) É um YA sobrenatural de suspense. Fugindo um pouco do tema magia juvenil.  Fala muito de amor, medos e as consequências dos nossos atos. Sollena a personagem principal, enfrenta a morte durante todo o percurso do livro, e isso cria nela sentimentos profundos, intensos e duvidas que encontramos todos os dias na vida, mas que nem sempre entendemos. Foi um livro muito bom de escrever, além de treinar o lado romântico para o próximo Esmera.(hahahha)

13- Obrigado por topar fazer essa entrevista e ser parceira do CP, Anni! Achei Esmera um livro fantástico e recomendo para todos. Adorei te conhecer e saber que gostou da minha resenha de Esmera (assim como a fofa da sua mãe! hahaha)! Queria te agradecer por tudo, pelo carinho, apoio nos piores momentos, etc ;D Por fim, gostaria de dizer alguma coisa aos leitores do Croissant Parisiense?
Primeiro: Essa menina derruba com as palavras #Fato. Eu que agradeço a atenção e o carinho. E segundo: Muito obrigada por todo apoio. Muito, muito, muito obrigada pelo apoio, mesmo. Adorei todos os comentários da resenha e principalmente o carinho. 


[SORTEIO] Você que está lendo essa entrevista nunca (tcs, tcs) leu Esmera e ficou morrendo de vontade de ler? Então agora é a sua chance de ganhar o livro! Em parceria com a Anni, estou sorteando um exemplar de Esmera! Participe, é muito fácil.


Regras:
  ▪ Ter um endereço de entrega no Brasil.

  ▪ Seguir o blog pelo Google Friend Connect (caso não tenha blog, pode seguir com uma conta do twitter ou do yahoo).
  ▪ Preencher esse formulário.
Quer ter mais chances de ganhar?
(Para cada ítem deste tópico, corresponde a mais um formulário preenchido, além do inicial)

  ▪ Divulge no Twitter a seguinte frase: "#sorteio Quero ganhar o livro Esmera,da A.P. Ribeiro que a @marshmellory está sorteando no Croissant Parisiense http://tinyurl.com/37sz362" (um tweet a cada duas horas. Caso não respeite esse limite, será desclassificado)
  ▪ Divulge o seguinte banner em seu blog:








As inscrições serão aceitar até dia 20/12 e o resultado sairá até dia 22/12.
O granhador deverá responder o e-mail o mais rápido possível, e terá 48 hs para respondê-lo. Caso contrário, irei sortear outro ganhador.

18 comentários:

  1. Ain, quanto tempo você não postava em, Mellory. Amei a entrevista é um livro que eu quero ler, está na minha listinha, mas vai lá que eu ganho, ficaria radiante.
    Beijinhos, K.
    Girl Spoiled

    ResponderExcluir
  2. Participando do sorteio! Estou louca por Esmera

    ResponderExcluir
  3. Adorei a entrevista, é sempre bom conhecer mais um pouco sobre os autores nacionais. Estou doida para ler Esmera.

    ResponderExcluir
  4. sou louquinha pra ler Esmera, adoro livros de fantasia, e a sinopse dele é super show! já tive a chance de conhecer e bater um papo com a Ana e ela é super legal, o que só aumentou a minha vontade :D já to participando da promoção, CLARO!!!

    ResponderExcluir
  5. Eu achei a A. P. Ribeiro umas das autoras mais fofas que eu já vi! ^^ Pena que não consegui falar muito com ela no dia que a encontrei na Bienal aqui em SP :(

    Esmera é um livro muito muito muito legal! Eu li super rapidinho porque fiquei muito curiosa o livro inteiro. E quando acabou eu já queria saber quando ia lançar o próximo. Acho que vale super a pena :D

    Eu não consigo escolher meu personagem favorito, em nenhum livro na verdade, mas o Erick tá na lista. Gosto de pessoas 'más' e orgulhosas, haha.

    Ok, fim do comentário gigante!

    Beeijos.

    ResponderExcluir
  6. Adorei a entrevista, fiquei super curiosa e quero o livro para mim!!!
    ;)
    Beijo

    ResponderExcluir
  7. Adorei a entrevista!
    bjss

    www.blogdajupenedo.com

    ResponderExcluir
  8. Amei a entrevista!
    Já li Esmera e posso dizer que adorei.
    Tive a honra de conhecer a autora pessoalmente é ela é um doce de pessoa.
    Sucesso sempre pra Ana.

    Beijinhos...
    *Pri*
    www.viajenaleitura.com.br

    ResponderExcluir
  9. Adorei a entrevista! A autora é super simpática ^^
    Quero Esmera pra mim *-* rs

    Bjoos'
    Lee Iauch - ϟ●•Giяl's•●ϟ

    ResponderExcluir
  10. Eu quero esse livro!! Gostei muito da história dele! :)

    ResponderExcluir
  11. Amei a entrevista *---*
    Estou louquinha para ler esse livro =D Se eu não ganhar, eu comprar rapidinho kkk

    Ah, Mellory? Não sei se você viu, mas excluíram meu antigo blog =/ Fiz outro! Se puder seguir =D
    http://leiturasdokokoro2.blogspot.com/
    Bjus =*

    ResponderExcluir
  12. ADOREI a entrevista!
    SUPER fofa e caprichada, com ótimas respostas! ;D

    Estou participando do sorteio e espero conseguir ganhar, porque fiquei muito curiosa pra ler o livro x]

    Beijocas!
    Juh Oliveto
    Livros & Bolinhos ~

    ResponderExcluir
  13. Ahh, minha amiga tambem teve o livro lançado pela Porto das Ideias, e comprou o Esmera! Ela disse que é ótimo.
    Pena que ainda nao li =/
    Maas, estou paticipando do sorteio, entao, quem sabe nao consiga ler :)

    Beijos

    ResponderExcluir
  14. Já tinha escutado sobre o livro

    quem sabe dou sorte :)

    ResponderExcluir
  15. quero tanto ler esse livro.. desde qdo falou aqui pela 1ªx ihihihhi

    participando......

    ResponderExcluir
  16. Adorei a entrevista.
    Já tinha ouvido falar vagamente do livro, mas depois de conhecer mais a autora fiquei com muita vontade de lê-lo.

    Bye

    ResponderExcluir
  17. Quero mt ler o livro, ele parecer ser mt bom. A estrevista ficou mt boa. Gostei ♥

    http://apeenas.blogspot.com

    ResponderExcluir

Obrigado por visitar e comentar no Literature-se.
Assim que puder, visitarei o seu blog. Caso não tenha um, deixe twitter, Facebook ou e-mail para que eu possa respondê-lo :)
Dicas, sugestões e críticas construtivas? Comentários abertos para isso e muito mais, só contando com aquela boa dose de bom-senso necessário, né? ;)

 
Literature-se © Todos os direitos reservados :: Ilustração por Prih Mizuh (@pri_mizuh) :: voltar para o topo