resenha 1

resenha 1
Ensaio sobre a cegueira Saramago

resenha 2

resenha 2
Uma duas Eliane Brum

resenha 3

resenha 3
ao farol virgínia woolf

resenha 4

resenha 4
mulheres de cinzas mia couto

resenha 5

resenha 5
Extraordinário Luandino Vieira

resenha 6

resenha 6
Luuanda Luandino Vieira
30.9.10

 Mais um Agora que eu tenho, tag aqui no blog onde eu mostro para vocês os livros que "adquiri" desde o último post publicado da tag. Podem ser livros comprados, alugados, cedidos, trocados e até mesmo emprestados! E às vezes poderá aparecer filmes e cds que eu venha a adquirir, também.
 Um conselho? Quem não gosta de ver marcadores, no final mostro váários!




continue lendo »

 Hoje foi ao ar o hotsite da trilogia literária Beijada por um Anjo, uma série que está sendo lançada no Brasil pela editora Novo Conceito e que promete ser um grande sucesso no país! Eu mesmo estou ansiosíssima para ler e me emocionar com a história. Muitas pessoas já estão fartas de anjos e tudo o mais, mas eu realmente espero uma boa história, e de preferência uma que seja bem diferente das que estou acostumada. A capa do livro nacional não é igual a americana e muitas pessoas ligadas às notícias da editora pelo twitter, adoraram quando ela publicou a capa pelo twitpic. Realmente, a capa é fofa DEMAIS.


 E o hotsite não deixa por menos. Com uma trilha sonora especial para o próprio site, você embarca no mundinho da trilogia rápidinho. E ainda disponibilizaram as outras duas capas, do segundo e terceiro livro da série. Não é demais? Eu simplesmente achei perfeita a do terceiro! *-* Estou contando os dias para seu lançamento, e olha que nem li ainda o primeiro HAHAH


Quer algo melhor ainda? Está rolando uma super promoção no hotsite. Acesse e concorra a um Ipad!
continue lendo »

 Hoje é dia 30/9 e, como prometido, trago o resultado da promoção de cinco livros com a editora parceira Andross. Foram duas semanas de promoção e infelizmente fiquei muito decepcionada com a pouca quantidade de participantes.
 Mas apesar disso, fico feliz em poder sortear os livros para os leitores do CP - agradeço muto à editora Andross. A oportunidade é ótima! E sem mais delongas, quem vai levar os cinco livros pra casa é...
continue lendo »
28.9.10


Verônica Miller teve sua vida virada de cabeça para baixo quando seus pais se divorciaram e seu pai se mudou de Nova Iorque para Wilmington Beach. Três anos depois, ela continua zangada e alienada em relação aos seus pais, especialmente seu pai... até que sua mãe decide que seria melhor para todo mundo se Ronnie e seu irmão, Jonah, passassem o verão em Wilmington Beach. O pai de Ronnie, pianista e ex-professor, vive uma vida tranquila na cidade de praia, imerso na criação de um vitral para a igreja local.
 O conto se transforma em uma história inesquecível sobre o amor em suas diversas formas — o primeiro amor, o amor entre pai e filho — que mostra, de uma forma que só um romance de Nicholas Sparks é capaz, as diversas formas que um relacionamento pode quebrar nossos corações... e curá-los.


 A história é muito envolvente. No início já fiquei curiosa com o comportamento da personagem principal, Veronica, que prefere ser chamada pelo seu apelido Ronnie. Percebemos o seu verdadeiro caráter, mas ela demonstra um totalmente contrário em relação à família.
 O livro trabalha, como qualquer outro do Nicholas Sparks, as diversas relações sociais existentes no nosso dia-a-dia. No caso de A Última Música, a relação entre pais e filhos é muito destacada, além da relação entre Ronnie e Will.

 Com a chegada das férias de verão, Ronnie e seu irmão, Jonah, são obrigados a passar dois meses com o pai, numa cidade litorânea, muito diferente da moderna Nova York a que estão acostumados. Diante de tamanho contraste, Ronnie acaba se fechando mais ainda ao pai, com quem cortou relações desde a separação de seus pais. Ela colocava a culpa no pai, e começou a odiá-lo por ter afastado a alegria que era a família toda unida, e também sua paixão pelo piano. Steve, o pai dos irmãos, é um gênio e professor de piano. Sua verdadeira paixão é compor e tocar piano. Mas o que realmente ama, é compor com Ronnie. Um dos pontos positivos do livro é que Nicholas não se ateve somente à narrativa conforme a perspectiva de Ronnie. Apesar dela ser a personagem principal, o autor narrou a história de diferentes pontos de vista: tanto da personagem principal, quanto do pai, do namorado e até do vilão.

 E que vilão, ehn? É muito fácil eu detestar certas atitudes, então eu realmente me enojei com Marcus, o garoto revoltado da história - ainda mais que a Ronnie, tenho certeza. Para quem leu ou vai ler o livro, vai entender o que estou dizendo. É um típico psicopata soberbo. Não há nada pior do que ter que ler sobre seu ponto de vista. Graças a Deus que essas passagens são curtas, então a raiva é passageira.

 Mas conforme Ronnie tem que lidar com um defeito seu já concertado e que veio à tona novamente, ela se abrindo novamente ao pai. E é basicamente nesse momento de sua vida que realmente conhece Will. Ele vê nela humildade e caridade, coisa que ele necessitava ver em alguém. Amou isso nela, e passou a admirá-la ainda mais quando percebeu sua paixão por animais - ou pelo ninho de tartarugas que encontrou no quintal da casa do pai e que passou a proteger dos guaxinins. Como estagiário do aquário da cidade, Will começou a conversar com Ronnie, e esse é o verdadeiro ponta pé inicial na relação dos dois.

Depois disso, nenhum consegue esconder a atração que sentem um pelo outro. É inevitável.

A leitura é fluida, o que é uma característica marcante das obras do autor. E, claro, eu chorei feito um bebê no final. Outra coisa inevitável é eu derramar lágrimas e mais lágrimas lendo os livros do Nicholas Sparks - ou até mesmo assistindo aos filmes. Impressionante como ele sempre consegue me envolver e me emocionar tanto!

Já a diagramação do livro é aquela coisa né - ótima! Além da capa ser linda, a fonte e o material das páginas é impecável. Fora um ou dois errinhos que percebi, mas foram mínimos demais.
Autor: Nicholas Sparks - Editora: Novo Conceito - ISBN: 9788563219077 - Páginas: 400
continue lendo »
26.9.10



Coluna quinzenal onde, junto com os leitores do blog, seleciono atores e atrizes para determinados personagens de livros. Inspirada no Fazendo Meu Filme da Jeh, autora do Liege.

continue lendo »
25.9.10

Nova promoção que vai fazer a blogsfera parar!
Infelizmente, a promoção foi ao ar com dois links errados e dois blogs estavam participando da promoção sem nem ao menos saberem da existência dela. Pedimos desculpas a esse mal entendido e que sigam esses dois outros blogs que faltam (os links já foram corrigidos). São os que estão com um "update!" na frente, lá na lista. - aviso somente aos blogs que já estavam participando da promoção antes de ler esse aviso.
 Sempre procuramos promoções de bons livros, estamos atentos às novidades e sempre queremos ler todos os livros que são lançados. Mas nem sempre isso é possível.
Pensando nisso e em você, 17 blogs resolveram se juntar e criar a mais nova promoção que vai agitar a blogsfera literária.
Cada blog cedeu um livro e temos mais 6 extras, cedidos pela Lua de PapelAgito Livros, Laura EliasLeandro SchulaiMenina da Bahia e Viaje da Leitura
 A "Promoção Literária entre blogs" vai sortear 23 livos. Isso mesmo!!! 23 livros pra vocês. Serão 5 ganhadores, o 1º ganhador levará 7 livros, o 2º ganhador levará 6 livros, o 3º ganhador levará 5 livros e o 4º ganhador levará 4 livros. Faltou 1 livro? Não!!! Sorteio extra entre os participantes!!! Uau, que moleza heim! Está esperando o que para participar?!?!










continue lendo »
24.9.10

 Mais um Agora que eu tenho, tag aqui no blog onde eu mostro para vocês os livros que "adquiri" desde o último post publicado da tag. Podem ser livros comprados, alugados, cedidos, trocados e até mesmo emprestados! E às vezes poderá aparecer filmes e cds que eu venha a adquirir, também.
 Dessa vez, é o segundo vídeo exclusivo para livros de parcerias.





continue lendo »
22.9.10



Sinopse: @bia_bem é um pocket book que conta, no estilo do twitter, em microcontos de até 140 caracteres, flashes aleatórios da vida nem sempre politicamente correta de Bia.





continue lendo »

 Fiquei muito feliz em fazer esse sorteio entre meus leitores. Adoro dar e ganhar presentes, e sei o quanto é bom ganhar um sorteio/promoção de um blog que sigo.
 Foram 253 formulários preenchidos, e agradeço à todos por terem participado desse primeiro sorteio aqui do blog! Mas sem mais delongas, quem vai levar o exemplar de Meu Amor é um Vampiro é...

continue lendo »
19.9.10




Sinopse: Policarpo Quaresma é um major cheio de idéias nacionalistas que trabalha como funcionário público no início da República. Ao defender que o tupi se torne a língua nacional, é ridicularizado e depois internado como louco. Quando finalmente é solto, vai morar no campo e resolve transformar seu sítio em sede da reforma agrária. Apóia o marechal Floriano na Revolta da Armada mas é ignorado, acabando preso e fuzilado. Uma sátira impiedosa do Brasil burocrático, atual e reconhecível apesar de referir-se a um momento histórico marcante.



continue lendo »
16.9.10

 Mais um Agora que eu tenho, tag aqui no blog onde eu mostro para vocês os livros que "adquiri" desde o último post publicado da tag. Podem ser livros comprados, alugados, cedidos, trocados e até mesmo emprestados! E às vezes poderá aparecer filmes e cds que eu venha a adquirir, também.




continue lendo »
14.9.10

 Coluna onde disponibilizo algumas das músicas que mais estão tocando no meu mp3. Alguém aí vive sem um pouco de música no seu dia-a-dia? ;)
 Dessa vez culpo a Jeh do Liege por me fazer viciar em muitas músicas que ela disponibilizou no blog dela haha Ela tem um gosto musical parecido com o meu, gosta de indie/folk e rock alternativo. As músicas dessa Playlist são alegrinhas (ok, tem uma tristinha) e cheias de melodia. Não tem como não se apaixonar!





continue lendo »
13.9.10

 Catálogos é uma tag aqui no CP onde escolho uma editora e divulgo seus livros. Ou melhor, os que eu mais quero ler!
 Fica assim, como sendo uma dica à vocês que, como eu, saberão mais sobre o que cada editora tem a nos disponibilizar, conhecendo um pouco mais dela.



Catálogos #3 - Editora Ediouro




continue lendo »
12.9.10

Um chamado do amigo Grover deixa Percy a postos para mais uma missão: dois novos meios-sangues foram encontrados, cuja ascendência ainda é desconhecida. Como sempre, Percy sabe que precisará contar com o poder de seus aliados heróis, com sua leal espada Contracorrente... e com uma caroninha da mãe. O que eles ainda não sabem é que os jovens descobertos não são os únicos em perigo: Cronos, o Senhor dos Titãs, arquitetou um de seus planos mais traiçoeiros, e nossos heróis serão presas fáceis. Um monstro ancestral foi despertado - um ser com poder suficiente para destruir o Olimpo - e Ártemis, a única deusa capaz de encontrá-lo, desapareceu. Percy e seus amigos têm apenas uma semana para resgatar a deusa sequestrada e solucionar o mistério que ronda o monstro que ela caçava. Ao longo dessa jornada, enfrentarão o maior desafio de suas vidas: a terrível profecia da maldição do titã.

Nota: Como é impossível deixar de citar certos acontecimentos e já que é o terceiro livro da série, pare por aqui se não quiser ler nenhum spoiler ;/

Terceiro livro da série Percy Jackson e os Olimpianos, A Maldição do Titã já começa com uma super aventura para nossos heróis, mas dessa vez, Thalia se junta ao grupo. Já no início, fiquei tensa pela "perda" de uma personagem tão especial. Era óbvio que a personagem não havia morrido, mas mesmo assim foi super tenso passar a maior parte do livro sabendo que Annabeth estava correndo perigo. A unica coisa boa nisso é que Percy acaba desenvolvendo um pensamento que entrega tudo o que ele sente pela heroína e... Ai, que MEIGO! Sim, parece-me um romance, mas toda vez em que ele ou ela parecia que ia falar sobre isso, alguém os cortava - raiva mortal! 

Na mesma cena em que Annabeth desaparece, Percy, Grover e Thalia conhecem os irmãos Di Angelo e as Caçadoras de Ártemis (e, sim, a própria deusa). Essas personagens são a essência de toda a história do volume e até para os próximos. Os Di Angelo são meios-sangues, e é somente no finalzinho do livro que Percy descobre qual deus é o pai deles - e OhMyGod aqui, porque é surpreendente!

As Caçadoras são um grupo de meninas devotas à Ártemis que, para tornarem-se uma Caçadora, fazem a promeça de que vão ser eternamente devotas à deusa e que nunca mais se apaixonariam por homem algum. Qualquer garota pode se tornar uma Caçadora. E o que atrai tanto as meninas a ideia de tornarem-se uma delas? A eternidade. Uma Caçadora só pode ser morta em combate, já que Ártemis é a deusa da caça. E derrotar uma Caçadora é muito, MUITO, difícil. Assim, logo de início Bianca Di Angelo se junta ao grupo, sem nem pensar duas vezes.

Já no acampamento, Zoe Doce-Amarga, a tenente de Ártemis, e Percy começam a ter pesadelos sobre Ártemis e Annabeth, que foram capturadas pela turma de Luke. É diante dos pesadelos de Zoe que o Conselho (Dionisio, Quíron e os representantes de cada chalé) decide por seguir a profecia do Oráculo, a qual dizia que cinco heróis sairiam em busca de Ártemis e blá, blá, blá (o resto da profecia não posso contar, ok? Terão que ler hahaha). De início, todos excluem Percy e escolhem outros cinco para seguir viagem, mas é LÓGICO que Percy não iria ficar de braços cruzados enquanto Annabeth corria perigo. Ele começa sua viagem seguindo o grupo que foi designado à busca (Grover, Thalia, Zoe, Bianca e mais uma Caçadora que não pode ir junto), mas sem eles saberem. Com o tempo, eles se juntam para lutar contra capangas monstrengos que estão atrás deles, e o grupo permite que Percy fique, já que está claro que ele é o quinto herói da profecia. 

Depois de muita loucura, descobertas e aventuras, os três descobrem muitas tramóias de Luke e, no final, com a ajuda de Ártemis e do pai de Annabeth, derrotam Luke e um Titã que se juntou à ele - super poderoso, mas beem burro ops

Eu fiquei muito feliz com esse livro, pois os heróis participam da festa do Solstício de Inverno, e é muito emocionante, pois Poseidon revela, pela primeira vez, confiar muito em Percy. Ele decide carregar toda a responsabilidade por Percy e, diante de todos os deuses, diz que confia em Percy e que... Bom, já falei demais, não? hahaha Mas realmente, nesse volume, Zeus e Poseidon dizem à seus filhos claramente o quanto estão orgulhosos deles. E isso é empolgante demais! Outro deus que me agradou e MUITO, coisa que pensava que nunca iria acontecer, foi o carrancudo do Dionisio, que salva os heróis numa cena muito engraçada.

O final é surpreendente. E digo isso porque Rick Riordan conseguiu dar um desfecho para as situações que eu já dava por vencidas. É realmente incrível a sua criatividade e como há aventura no decorrer de todo o livro - não há nenhuma parte que não tenha aventuras e alguma revelação. As últimas 150 páginas eu COMI, de tão ansiosa pelo final que estava. E qual a minha conclusão final sobre esse terceiro livro da série? Superou o primeiro! Ohh, sim, conseguiu superar, coisa que o segundo não chegou nem aos pés, acreditam? Então, realmente adorei esse livro

A diagramação é linda. Todos que seguem meu blog já sabem que eu ou louca por essa série. O trabalho de capa, a história, tudo é realmente muito bom! Sem nada a reclamar. Mesmo.

Autor: Rick Riordan - Editora: Intrínseca - ISBN: 9788598078588  - Páginas: 336
continue lendo »
11.9.10

 Muitas pessoas ainda não ouviram falar do livro The life and death of Charlie St. Cloud, do autor americano Ben Sherwood. Ainda não sabem também que a história foi parar nas telonas, com o ator Zac Efron protagonizando o que é, na minha opinião, seu melhor papel até hoje. 
 Descobri a existência do livro quando a Novo Conceito, que é parceira daqui do CP, anunciou no twitter que, nada mais nada menos, será ela quem vai publicar o livro no Brasil! Eu pulei de felicidade assim que vi o trailer e pesquisei sobre a história na internet, e o livro passou para a minha lista de must have of books. Não vejo a hora de poder ter meu exemplar em mãos, pois me apaixonei pela história e sou capaz de já prever o sucesso dela!

continue lendo »
9.9.10

 Mais um Agora que eu tenho, tag aqui no blog onde eu mostro para vocês os livros que "adquiri" desde o último post publicado da tag. Podem ser livros comprados, alugados, cedidos, trocados e até mesmo emprestados! E às vezes poderá aparecer filmes e cds que eu venha a adquirir, também.
 Este é o vídeo que estava prometendo há séculos - e finalmente ele deu certo! haha









continue lendo »
8.9.10




Sinopse: Conheça Soluço Spantosicus Strondus III: a Grande Esperança e o Herdeiro da Tribo dos Hooligans Cabeludos - mas um garoto sem qualquer talento para liderar. "Como Treinar o seu Dragão" conta a tumultuada jornada de Soluço em sua iniciação como um legítimo guerreiro viking: junto com os outros garotos da tribo, ele precisa domesticar e treinar o dragão mais feroz e assustador que for capaz de capturar. Em vez disso, Soluço acaba com o menor dragão que já se viu - e, para piorar, o animal é teimoso, impossível de ser adestrado e completamente banguela. Começa aí a aventura do mais encantador e improvável dos heróis e de seu dragão muito mal-educado.


Inteiramente ilustrado, com muita ação e o tipo de humor que arranca gargalhadas até dos mais carrancudos, "Como Treinar o seu Dragão" é o primeiro livro de uma série que é sucesso mundial, que inspirou o filme de animação cotado como uma das estreias mais importantes deste ano.

continue lendo »
6.9.10

 O vídeo não é da minha coluna Agora Que eu Tenho. É um em especial que fiz e foi indicação da Tathy do Eu Sou Assim. Como o título é auto-explicativo, vou ilustrar para vocês HAHAH:  nele mostro para vocês as 10 melhores séries literárias da minha estante. Eu já tinha visto vários vídeos dessa tag, inclusive o da Tathy, aí me animei.








continue lendo »



Meme semanal hospedado pelo Lost in Chick Lit, onde compartilhamos pequenas informações sobre a nossa semana literária. Tendo como principal objetivo encorajar a interação entre os blogs literários brasileiros, fazer amizades e conhecer um pouquinho mais sobre outras pessoas apaixonada por literatura. Tem interesse em participar? Saiba como aqui!

 Esse meme foi criado pela Julianna do Lost in Chick Lit, mas também já vi vários outros blogs aderindo à tag, tal como Literalente Falando, Muito Pouco Crítica e Eu leio, Eu conto. Antes de ver as postagens das meninas, adorei a ideia e já estava planejando postar hoje, já que ontem postei a resenha de Esmera. E por incrível que pareça, não deveria ter esperado, já que ninguém decide comentar nessa joça, né (SIM, estou chateada! HAHAH). Então é isso, gostei do meme para poder me organizar mais e interagir melhor com meus leitores. Espero que gostem, e vou tentar fazer semanalmente, às segundas-feiras, ok?

continue lendo »
5.9.10


Sinopse: "Você tem em suas mãos, e ao alcance de seus olhos, a senha e o portal para um mundo encantado. Mas fique avisado, o retorno será difícil, e muitas vezes adiado. No reino das palavras, encontrará o que há de mais envolvente e convidativo no mundo da fantasia, e logo nas primeiras páginas se sentirá atraído para esse universo mágico. Um mundo que nos envolve completamente, trazendo à superfície nossos sentimentos através de seus personagens. Onde o real mistura-se com a fantasia, e a magia preenche nossas mentes e corações."






Antes de começar a resenhar Esmera, gostaria de já esclarecer uma coisa: é um livro fantástico! Eu, que sou apaixonada por livros YAs, sempre tive uma quedinha por livros de ação e aventuras. Assim, Esmera me conquistou logo nos primeiros capítulos - eu não conseguia parar de lê-lo, e deixei de lado o outro que estava lendo ao mesmo tempo só para me dedicar inteiramente à sua leitura.


 A história é dividida em dois mundos: o nosso (humano) e Esmera, um reino cheio de magia que é fascinante. No início, Kira salva sua irmã confiando a Padre Pedro a garotinha de apenas dois anos de idade. Logo após, é assassinada pelos sete demônios que estavam atrás de Anika também, o bebê. Graças à Kira, Anika estava a salvo da ameaça que estava sobre toda Esmera: Blatazar, tio das duas irmãs, traiu seu irmão e deu um golpe de estado, matando toda a família imperial que pode, para enfim tomar o poder e ser o imperador de Esmera. Mas, contrariamente a seus planos, Anika ficou escondida durante 15 anos no nosso mundo, sendo então uma esperança para os povos rebelados que sofreram durante esse período com o império de Baltazar, que é um esmeriano frio e sem valor algum. Mas de repente, Baltazar e seus sete demônios aliados encontraram o esconderijo da menina, que nada sabe sobre seu sangue real. Mas ao mesmo tempo que sofre um ataque dos demônios, dois rebeldes vêm para salvá-la. 
 Ela é levada à Esmera, e descobre toda a história de sua vida. E ao mesmo tempo em que tem aulas sobre o reino de Esmera (que é muito diferente do nosso) ela tem que lidar com o fato de ser a esperança de seu povo.

 O livro é narrado em terceira pessoa e a leitura flui muito facilmente, é uma delícia de se ler. Os capítulos são  curtos, divididos em partes em que cada qual, o narrador conta o que se passa com tal personagem, intercalando-os, pois Esmera é divida em várias áreas - vide o lugar onde os rebelados se escondem, florestas, o império de Baltazar, entre outros lugares. 

 Me apaixonei pela história, que é cercada por muita magia e construções fascinantes, seres diferentes e uma cultura totalmente estranha para nós. Me apeguei muito à várias personagens e confesso que fiquei dividida nas possíveis personagens que poderiam tornar-se namorado de Anike. Entre todos, fiquei mais apaixonada por Erick, que é o que sempre brigou com a heroína e sempre foi grosso - mas um fofo! Pyro também me conquistou, mas não sei o por quê, mas ele ainda me deixou desconfiada. Dante é outro muito fofo, mas quem realmente me conquistou foi Erick - acho que tenho uma queda por personagens grossos mas que dá para se ver o que passa pelo seu coração, pois através da atitudes de Erick, ele transparecia preocupação com Anika.
 A história me conquistou, eu vibrei em várias partes, mas também fiquei muito triste com o final. Agora só me resta entrar em contato com a autora para saber se terá uma continuação, porque né... Eu PRECISO de uma! HAHAH Com certeza, esse livro foi para a pilha dos que mais gostei - é sensacional.

 A arte da capa é linda, mas a editora Porto de Idéias pecou na revisão do livro; achei muitos erros de revisão, uns mais absurdos que os outros! Tentei não deixar com que isso afetasse minha nota final, mas não me contentei em ter que corrigir umas partes por mim mesma. Logicamente, isso não afeta em nada a história, mas sim o trabalho de diagramação. 

Autora: A.P. Ribeiro - Editora: Porto de Idéias - ISBN: 9788560434619 - Páginas: 168
continue lendo »
3.9.10

Se apaixonar não é nada fácil. Rola ansiedade, expectativa e muito nervosismo pensando no primeiro encontro e, quem sabe, no primeiro beijo. Imagine então quando o pretendente é um vampiro? Pode ser um bem tradicional de capa e longos caninos, um sombrio e misterioso que aparece de repente na sua janela ou um aventureiro de moto e calça jeans, louco para te levar em um passeio inesquecível. Nesses casos, a adrenalina é ainda maior! Nas perigosas páginas de Meu Amor é um Vampiro você conhecerá histórias fantásticas das melhores autoras de literatura vampiresca nacional, repletas de casais apaixonados e situações surpreendentes. Mas não pense que tudo são flores e caixas de bombom, afinal de contas, encontrar o par perfeito pode esconder terríveis surpresas. Proteja o seu pescoço e marque um encontro com histórias que vão do romance ao susto, do suspense ao riso, numa leitura com beijos de tirar o fôlego. Quem nunca se apaixonou que enfie a primeira estaca.

Meu Amor é um Vampiro é do tipo de livro que desperta várias emoções em você. Não apenas uma paixão platônica por um vampiro que brilha. E isso acontece porque o livro é dividido em nove contos rápidos, geralmente contendo dez páginas cada. E cada conto consegue ser extremamente diferente um do outro. É incrível a variedade que a lenda vampiresca conseguiu adquirir depois de Bram Stoker escrever Drácula - principalmente nesses últimos anos.

Os contos são escritos por nove escritoras, cada qual escreveu um e soltou a sua imaginação. Como disse, nenhuma história é baseada na outra, uma é diferente da outra, contendo de vampiras lindas até vampiros feios. São histórias rápidas e, como eu não estou mais acostumada a ler histórias resumidas, percebia os trejeitos que todas têm: são bem resumidas. Mas nenhuma deixa a desejar. É claro que gostei mais de umas e outras só li porque queria saber o final, mas pude apreciar todas. Como, por exemplo, o conto Vampiro Genérico, da Rosa Rios, que acaba de um jeito estranho e pesaroso - me deixou até histérica! Assim como para esse, adoraria que todos os contos tivessem continuação. Alguns pedem por isso, como o conto Nix, da Giulia Moon - ele SUPLICA por uma continuação, o que me deixou, mais uma vez, histérica! Mas de todos os contos, os que mais gostei foram A primeira noite de neblina, da Adriana Araújo, e Nix. Um abre com chave de ouro e o outro fecha com chave de ouro, respectivamente. Adorei a colocação desses!

Não tem como não se identificar com alguma personagem ou algum sentimento exposto, o que te prende mais ainda ao livro. É como um dos vampiros falou:

Minha força é normal, não me transformo em nada, e durmo numa cama de solteiro com colchão ortopédico. Tenho um probleminha na coluna, sabem. Nem travesseiros macios eu posso usar, para não piorar.

Ok, tenho 17 anos e já sou considerada uma velha caduca com dores na coluna, obrigado ;)

Bom, voltando ao livro, digo sem êxitar que é uma leitura "válvula de escape", como costumo dizer. Sabem aqueles livros que nós compramos para dispersar um pouco nosso estresse da pressão rotineira? Então, esse é um ótimo livro para distrair os pensamentos que insistem em lembrar daquele problema que ocorreu na manhã de segunda-feira ou daquele documento importante que esquecemos de entregar. Como é estruturado por contos, dá  tranquilamente para ler um, acabá-lo e começar o próximo quando puder, não se perdendo dentro da história.

Generalizando, as histórias são bem previsíveis. Claro, histórias de vampiros dá para se ter uma noção de quem é o vilão e quem é a vítima. Às vezes fiquei em dúvida quanto quem estava agindo com boas intenções, como no conto O vermelho de teu sangue, escrito por Cristina Rodriguez, que descreve dois irmãos, um mostrando-se rude  e o outro um digno cavalheiro. No final, não era nada do que eu estava pensando, mas já podia imaginar quem era o vampiro, quem era a vítima, entre outras coisas.

Outra coisa que não deixo de comentar é o teor das histórias. Uma é bem assustadora, a outra é amorosa... Até que digo que há uma em que até o amor paterno é questionado e, digo com muito desgosto, tratado como lixo. É assim que uma das personagens é descrita: indiferente quanto às singelas emoções. E isso me reverteu o estômago - sinceramente, achei bem horripilante o que aconteceu nessa história, que não foi uma das melhores que já li, mas sei destacar os pontos positivos, apesar dos pesares.

Por último gostaria de comentar o ótimo trabalho de diagramação da editora Draco - eu não encontrei nem um único erro de revisão. Adorei, e isso com certeza aumentou minha avaliação final do livro. A única coisa que acharia mais adequada ao livro é uma nova capa. A atual nada diz do conteúdo apresentado pelo livro e é bem genérica. Seria bem bacana colocar uma imagem mais sentimental e que esteja adequada aos contos ou a somente um.

Autoras: Adriana Araújo, Ana C. Silveira, Cristina Rodriguez, Giulia Moon, Helena Gomes, Nazarethe Fonseca, Regina Drummond, Rosa Rios e Valéria Hadel 
Editora: Draco
ISBN: 9788562942099
Páginas: 159 
continue lendo »
1.9.10

Ela é uma blogueira. Quer mais bons motivos para se interessar pela entrevista? Aí vai: Mandy Porto é uma fofa, viciada em livros, ama escrever e dois livros seus estão sendo lançados, nesse mês, pela editora Novo Século e Underworld. Tem 21 anos e é bem conhecida no mundo bloguístico por ser a autora do My Little World OF Books. Lá ela posta dicas de livros, resenha os que lê, mostra os livros que ganha e sua fofice em vídeos, entre outros diversos posts. Em sua essência, está genéticamente escrito sua sequência de códons formadora da proteína que transcreve seu amor por literatura. HAHAH deixando de lado as brincadeiras, para coluna Entrevistando Um Autor de hoje, a Mandy respondeu à umas perguntinhas que fiz, como quando ela começou com essa paixão por livros/escrita e até nos contou um pouquinho do livro que está escrevendo!



continue lendo »