23.6.10

Resenha: Fazendo meu filme, a estreia de Fani

 Já vou começar o post pedindo desculpas pela minha ausência do mundo bloguístico hahah Mas tenho meus motivos: provas! Essa semana é a decisiva para o bimestre, e vai até terça-feira, então até lá estou atolada até o pescoço de matérias para estudar. Mas depois dessa semana, entro de fééérias o/ 
 Mas chega de conversa, terminei de ler Fazendo meu filme nesse final-de-semana no ônibus indo para minha cidade natal. Devorei o livro em praticamente dois dias. Só não terminei antes por conta dos estudos --'



"Tudo muda na vida de Fani quando surge a oportunidade de fazer um intercâmbio e morar um ano em outro país. As reveladoras conversas por telefone ou MSN e os constantes bilhetinhos durante a aula passam a ter outro assunto: a viagem que se aproxima.

"Fazendo meu filme" nos apresenta o fascinante universo de uma menina cheia de expectativas, que vive a dúvida entre continuar sua rotina, com seus amigos, familiares, estudos e seu inesperado novo amor, ou se aventurar em um outro país e mergulhar num mundo cheio de novas possibilidades."



 O livro é um chick-lit brasileiro e isso já é algo maravilhoso. E não pude deixar de lembrar dos livros da Thalita Rebouças, que é uma fofa, diga-se de passagem. Ambas as escritoras sabem mesmo escrever numa linguagem jovem e eu me senti compreendida muitas vezes com as situações vividas por Fani neste livro. Estephania, aliás, mas ela prefere ser chamada de Fani. Ela cursa o segundo ano do ensino médio (igual a mim) e odeia matemática e física, como eu. Seu maior hobbie são os filmes (nesse ponto já discordamos, pois meu maior hobbie são os livros hahah) Ao longo do livro, ela se mete em várias enrascadas e situações gostosas de se viver, como tardes nos clubes, festas e baladas, shopping com as amigas, uma recuperação, vários cho-ro-rôs, etc. Possui super amigas e um melhor amigo sensacional e tão fofo que me fez ter inveja. O Leo é um cavalheiro e adora CDs, se dá super bem com a Fani e passa um tempo enorme dando indiretas à ela sobre o seu amor, mas ela percebe isso tarde demais, depois de passar por muito ciúme e ansiedade. E para estragar toda a situação, a garota tem uma paixão platônica pelo seu professor de matemática, que acaba revelando-se um canalha. Paralelamente a isso, Fani faz uma prova de intercâmbio para a Inglaterra meio sem ânimo (sua mãe a manipulou, digamos) e passa em primeiro lugar. O livro termina com um "gostinho de quero mais", quando Fani entra na sala de embarque e você espera por sua aventura no exterior.

 Como eu AMO a Inglaterra, estou roendo as unhas para ler o segundo volume da série (Fazendo meu filme, Fani na terra da rainha), que conta a aventura de Fani naquele país delicioso de viver! Estou esperando a semana de provas passar porque tenho que ler O cortiço (ecat!)

 Uma coisa que me deixou meio triste foi o afastamento dela do Leo e dos amigos e familiares. Mas isso acontece muito em nossas vidas, e sempre vai acontecer. Sem contar o fato de que fazer intercâmbio ajuda e muito a vida de qualquer pessoa, e vocês sabem do que estou falando ;)

Autora: Paula Pimenta
Editora:
 Autêntica
ISBN: 9788589239585 
Número de Páginas: 272

3 comentários:

  1. Otima dica de leitura! Adoramos o blog e estamos seguindo!

    Bjs das gauchas

    www.gauchasnamoda.blogspot.com

    ResponderExcluir
  2. Que delícia de livrooo.
    Fiquei com vontade de ler.
    História do jeito que eu gosto.
    Eu me identifico muito também com livros da Thalita Rebouças. Esse é demais! Vou anotar a dica.

    Estou te seguindoooo ;D

    ResponderExcluir
  3. Parece ser muito legal, e o segundo deve ser melhor ainda porque eu também sou apaixonada pela Inglaterra.
    Mais esses dias eu comprei uns cinco livros então eu tenho que esperar um pouco pra comprar mais ):

    beijoos
    www.fashionchillies.blogspot.com

    ResponderExcluir

Obrigado por visitar e comentar no Literature-se.
Assim que puder, visitarei o seu blog. Caso não tenha um, deixe twitter, Facebook ou e-mail para que eu possa respondê-lo :)
Dicas, sugestões e críticas construtivas? Comentários abertos para isso e muito mais, só contando com aquela boa dose de bom-senso necessário, né? ;)

 
Literature-se © Todos os direitos reservados :: Ilustração por Prih Mizuh (@pri_mizuh) :: voltar para o topo